Max Payne

max-payne-poster13

Ainda não foi desta vez que adaptações de games renderam um filme memorável (meu predileto continua sendo Silent Hill), aqui, o diretor operário John Moore junto ao roteiro do estreante Beau Thorne parecem terem tido uma crise de criatividade pois durante toda a exibição fiquei com uma sensação de deja vu, lembrava de diversos filmes como Sin City, Constantine e a trilogia Bourne.

Não conheço o game por isso não vou nem argumentar sobre a adaptação em si, como filme, não parece ser baseado em nenhuma idéia original, muito pelo contrário, como comentei lembra um mix de diversos filmes do gênero dos últimos anos.

A direção de John Moore (operário padrão hollywoodiano de filmes como O Vôo da Fênix e A Profecia) é quase constrangedora. O diretor apela para sequências de cartilha que devem corar o mais incompetente diretor como, por exemplo, montar a cena de uma personagem gritando com um chiado de água fervendo numa chaleira na cena seguinte. Outro exemplo é ilustrar o passado do Max Payne ao lado da falecida irmã e seu bêbe em tons alaranjados de um amanhacer em contraponto à escuridão e tons cinzas da época atual de protagonista, metaforizando os momentos do personagem com a fotografia, técnica primária!

À seu favor, Moore não tem muito o que fazer com o fraco roteiro, os personagens e a trama principal são muito rasos. Mesmo que a questão sobrenatural possa surpreender alguém, ela não acrescenta nada ao filme, além do óbvio uso dos efeitos digitais. Quanto ao elenco, Walhberg ganhando uns trocos, os demais quase todos saídos de séries televisivas não enriquecem em nada o filme (Sucre de Prison Break, Ellis Grey de Grey’s Anatomy, capitão Tidwell de Life e Jackie de That 70’s Show, além dos sumidos Beau Bridges e Chris “Robin” O’Donnell).

MAX PAYNE: 2,0

Direção: John Moore
Roteiro: Beau Thorne, baseado em jogo de videogame de Sam Lake
Com: Mark Wahlberg, Mila Kunis, Beau Bridges, Amaury Nolasco, Ludacris, Chris O’Donnell, Donal Logue, Kate Burton e Olga Kurylenko. 100 min.

Anúncios

Tags: , ,

4 Respostas to “Max Payne”

  1. Bruno Says:

    Caramba, pelo trailer até parecia que o filme seria bacana, mas como praticamente todo mundo tá falando mal, já não estou esperando mais nada dele…

  2. Wallace Says:

    Vai estreiar na sexta por aqui, e não ando muito animado em assistir, devido a todos os textos negativos que ando lendo, além de não ser muito fã de filmes baseados em games … mas às vezes sinto falta de assistir a umas bobagens desse tipo, daí talvez acabe encarando …

  3. Hugo Leon Says:

    Eu gostei. Não é um grande filme, mas achei uma adaptação digna até …

  4. Cira Says:

    Depois de ler que o melhor filme pra você vindo de jogos era o fraquíssimo Silent Hill, como é que eu vou dar crétido a uma crítica dessas??

    Silent Hill foi simplesmente a destruição do roteiro original do jogo. Jogaram toda a idéia no lixo e transformarem um excelente jogo em um filminho fraco de hollywood.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: