Amantes

amantes

É impressionante a qualidade da filmografia do diretor/roteirista James Gray em apenas 4 trabalhos (os anteriores são Fuga Para Odessa, Caminho Sem Volta e Os Donos da Noite), sendo um diretor bastante jovem (40 anos) e não tendo sido “engolido” pelo mainstream hollywoodiano, conseguindo realizar trabalhos, digamos, autorais sempre com atores do primeiro time americano.

Aqui, o diretor volta a trabalhar com Joaquin Phoenix (protagonista de Os Donos da Noite) num papel à primeira vista, simples, mas, num segundo momento se mostra bastante complexo, até porque temos poucas informações sobre o personagem, uma riqueza de interpretação com gestos e olhares de Phoenix (uma pena se o jovem ator se aposentar como divulgado). Inclusive este é um detalhe compartilhado pelo roteiro com todos os personagens, acompanhamos os acontecimentos a partir de um momento sem sabermos detalhes passados, há somente algumas menções, e sem haver um “narrador” para a trama, somos somente observadores da rotina de Leonard e seu envolvimento com duas mulheres.

Uma similaridade de todos os trabalhos de Gray que me chama muita a atenção, é o núcleo familiar, a maneira como este é retratado como  porto seguro para seus protagonistas (normalmente, desajustados) mas, ao mesmo tempo, lhe priva de liberdade, independente do filme ser um drama, um policial ou mesmo um romance, como no caso de Amantes, se mostrando fundamental na narrativa. Não querendo ser repetitivo, o roteiro de Gray e Ric Menello, para mim, foi a grande surpresa do filme, e por um simples e, aparentemente, banal motivo: a naturalidade dos personagens. Impressionante como os personagens do filme soam reais e humanos (com defeitos e qualidades reconhecidos facilmente pelo espectador), não parecem saídos de um filme, até mesmo porque este não abre espaço para clímax, tão costumeiro no gênero. É um dos filmes mais sinceros que assiti nos últimos meses (se não, anos) sobre o amor, paixão e as nossas escolhas.

AMANTES: 9,0

Direção: James Gray

Roteiro: James Gray e Ric Menello

Com: Joaquin Phoenix, Gwyneth Paltrow, Vinessa Shaw, Isabella Rossellini, Elias Koteas. PlayArte

Tags: , , ,

3 Respostas to “Amantes”

  1. Bruno Says:

    Cara, tb amei esse filme, assisti ontem no cinema, me impressionou bastante. E, nossa, como o Joaquin Phoenix está um monstro! Devo escrever em breve sobre ele tb. Um abraço!

  2. Diego Says:

    Filmão mesmo, um dos melhores do ano, sem dúvidas.

  3. Bárbara Says:

    aah, agora fiquei louca pra ver !

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: