Anticristo

antcristo

Que o diretor Lars von Trier gosta de uma polêmica, isto tudo mundo está careca de saber, principalmente quando isto gera interesse pelo seu filme, é assim desde o Dogma 95. Agora, neste seu novo lançamento, vendido como um filme de terror, erroneamente, diga-se de passagem, é um drama  de personagens ,bastante pesado, levados à loucura. Claro que o gênero é o que menos importa aqui, o que posso dizer é que Anticristo é um filme que fica com você após assistí-lo, o que já é mérito de von Trier.

O caminho percorrido pelo diretor para ilustrar a saga do casal em crise após a perda do filho, principalmente, da mulher (vivida com uma intensidade absurda por Charlotte Gainsbourg), é um pouco irregular e inconstante, porém assustador, claro que pela intensa violência física e sexual. Há inúmeras sequências belissímas cheias de simbolismos (mérito da fotografia) que devem possuir  diversas leituras religiosas/antropológicas que estão muito além do meu parco conhecimento sobre o assunto. Contudo, confesso que mesmo impressionando como uma obra cinematográfica, Anticristo peca pelo excesso de devaneios do seu diretor/roteirista.

ANTICRISTO: 6,5

(Dinamarca/ Alemanha/ França/ Suécia/ Itália/ Polônia, 2009)

Direção: Lars von Trier

Roteiro: Lars von Trier

Com: Willem Dafoe, Charlotte Gainsbourg. 109 min. Califórnia Filmes

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: