Uma Prova de Amor

umaprova

Já comentei por aqui que devo estar numa onda meio deprê, certamente véspera de aniversário provoca isto, porque é impressionante como ando me emocionando com alguns filmes, o que nem sempre ocorria. Com Uma Prova de Amor não consegui evitar, drama familiar com criança doente é fogo para segurar, menos mal, que o filme consiga evitar aquela cara de telefilme americano, graças ao elenco, direção e roteiro.

Nick Cassavetes está se tornando um especialista em dramas familiares, desde o arrebatador romance Diário de uma Paixão ao tenso Um Ato de Coragem, o cinema de Cassavetes parece querer mostrar a família em situações extremas, de um amor impossível à questões envolvendo saúde, e mesmo correndo o risco de carregar a mão, o diretor consegue entregar filmes emocionantes.

Aqui, o grande achado do roteiro é mesclar passado (cheio de momentos ternos e alegres) e o presente (já tenso e angustiante) para retratar a história da jovem Kate e sua família, descoberta ainda na infância com uma rara leucemia, ela tem ao seu lado uma mãe batalhadora (Cameron Diaz, finalmente atuando num papel mais exigente), o pai compreensivo (o sumido Jason Patric), o irmão mais velho deixado de lado e a pequena e prematura Anna (Abigail Breslin, ainda enchendo a tela com seu carisma e atuação natural), chave para o tratamento de Kate já que Anna foi concebida para ser compatível com a irmã, atendendo às suas necessidades conforme os tratamentos.

Tudo muda quando Anna procura o advogado Campbell (Alec Baldwin, num personagem que possui uma particularidade trabalhada durante o filme), para conseguir independência sobre as decisões médicas com seu corpo. Assim, se estabelece o caos dentro da família.

O que mais me surpreendeu no filme, é o cuidado do roteiro com os personagens, todos, inclusive os coadjuvantes como Alec Baldwin e Joan Cusack, ganham contextos dentro do filme, são personagens mais aprofundados. Um dos momentos mais interessantes reside, logo ao inicio, quando temos a oportunidade de escutar em off as impressões de cada familiar sobre a família em si e as situações pelas quais ela está passando ou passaram, o texto me parece muito honesto com os pontos de vista dos personagens.

Com tudo isto, Cassavetes, mesmo fazendo o espectador derramar litros de lágrimas, transmite uma mensagem, de certa forma, positiva sobre a vida e como devemos encarar a superação da dor, belo e emocionante!

UMA PROVA DE AMOR: 8,0

Direção: Nick Cassavetes

Roteiro: Nick Cassavetes e Jeremy Leven baseados no romance de Jodi Picoult

Com: Cameron Diaz, Abigail Breslin, Sofia Vassilieva, Alec Baldwin, Jason Patric, Evan Eligston, Thomas Dekker, Joan Cusack. 109 min PlayArte

Tags: , , ,

Uma resposta to “Uma Prova de Amor”

  1. Pedro Tavares Says:

    Pelos comentários parece ser uma boa surpresa. Não esperava tanto desse filme.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: