Destaques da Semana em DVD (07 à 11/06)

Invictus: apesar de ter sido indicado pelo elenco (Morgan Freeman e Matt Damon) nas demais categorias do Oscar deste ano, o último filme de Clint Eastwood passou em branco, não assisti à película, no entanto, confesso que apesar de ser fã de carteirinha do diretor (não esquecendo que seu último filme é o maravilhoso Gran Torino), este não me desperta o menor interesse. Na trama, recém-eleito, o presidente Mandela sabe que seu país permanece dividido racial e economicamente após o fim do apartheid. Acreditando ser capaz de unificar a população por meio da linguagem universal do esporte, Mandela apóia o desacreditado time da África do Sul na Copa Mundial de Rúgbi de 1995, que faz uma incrível campanha até as finais.

Preciosa – Uma História de Esperança: quando começou o falatório sobre Preciosa, na época do Oscar, não conseguia observar o porque de tanto alvoroço ao redor das interpretações femininas do filme, achava que era somente mais um filme independente do tipo “desgraça pouca é bobagem”. Após assistí-lo, ainda que veja suas inúmeras indicações ao Oscar como um exagero, confesso que, principalmente, Mo’nique faz um trabalho explêndido, uma das coisas mais chocantes que vi nos últimos tempos, seu olhar, gestual é tudo muito bruto e violento, merecidos todos os prêmios. Na trama, Claireece Jones Precious sofre privações inimagináveis em sua juventude. Abusada pela mãe, violentada por seu pai, ela cresce pobre, irritada, analfabeta, gorda, sem amor e geralmente passa despercebida. A melhor maneira de saber sobre ela são suas próprias falas: “Às vezes eu desejo que não estivesse viva. Mas eu não sei como morrer. Não há nenhum botão para desligar. Não importa o quão ruim eu me sinta, meu coração não para de bater e meus olhos se abrem pela manhã”. Uma história intensa de adversidade e esperança.

A Caixa: se tem algo que Richard Kelly merece são os elogios pelos projetos que leva para as telonas, depois de consagrar-se com o já cult Donnie Darko, ele levou às telas o drama apocalíptico Southland, que acho que quase ninguém viu,  e agora, refilma um conto de ficção científica dos anos 70, com Cameron Diaz no elenco, não lembro dela no gênero. Bom, o filme para mim ainda é um mistério, é estranho, e esta estranheza me fascina, ele começa simples e banal e vai tomando proporções bem diferentes das quais eu esperava. Na trama, o que você faria se lhe entregassem uma caixa com apenas um botão e que se você o apertasse lhe deixaria milionário mas, ao mesmo tempo, tirasse a vida de alguém que você não conhece? Norma Lewis é uma professora e o seu marido, Arthur, é um engenheiro da NASA. Eles são um casal com um filho que leva uma vida normal morando no subúrbio. Tudo muda quando um misterioso homem aparece com uma proposta tentadora: a caixa. Norma e Arthur têm 24 horas para fazer a escolha. Logo eles irão descobrir que certas escolhas estão fora de seu controle e vão muito além da fortuna e do destino.

Quando em Roma: comédia romântica para o final de semana dos Dia dos Namorados, nada mais apropriado! Para mim, se rolar um espiada será para conferir minha musa da televisão, Kristen “Veronica Mars” Bell, junto a um elenco de  bons  comediantes. A trama acompanha uma agente imobiliária bem-sucedida, mas que não consegue se dar bem no amor. Quando sua irmã mais nova revela que irá se casar, em Roma, ela viaja para comparacer à cerimônia e pegar moedas em uma famosa fonte do amor. Quando volta, começa a receber visitas de homens apaixonados, como um magnata (Danny DeVito), um mágico (Jon Heder), um pintor (Will Arnett) e um modelo (Dax Shepard).

A Mente que Mente: comédia que passou rapidamente nos cinemas mas, que chama a atenção pelo bom elenco, John Malkovich (sempre vale uma espiada), Colin Hanks, a bela Emily Blunt, Steve Zahn e Tom Hanks (possivelmente fazendo uma participação, né?). Na trama, Troy Gable é um rapaz cansado da faculdade de Direito que sonha em ser escritor. Enquanto busca por um emprego, conhece Buck Howard, mentalista famoso nos anos 70 que sobrevive de pequenos shows e da fama que fez em suas aparições no programa Tonight Show, com Johnny Carson. Contrariando a vontade do pai, ele passa a acompanhar o showman como seu gerente de produção e descobre no emprego a magia da experiência da vida.

Testemunhas da Guerra: este não é somente mais um filme de Colin Farrell, ator que apesar de estar no presente em Hollywood, vez por outra se arrisca em produções mais artiísticas, podemos dizer assim. O que me chama a atenção aqui é o nome na direção, Danis Tanovic, diretor que ganhou em o Oscar de filme estrangeiro pelo drama de guerra Terra de Ninguém, um filmaço. Na trama, Mark e David são amigos e experientes fotógrafos de guerra que buscam imagens no Kurdistão, uma região considerada muito perigosa. Mark, ambicioso, quer ficar mais uns dias no campo de guerra, em busca de uma foto exclusiva, mas David só pensa em voltar para a sua esposa, pois já não agüenta mais tanta violência. Mark acorda em sua cidade natal, repleto de ferimentos e hematomas e descobre que David não conseguiu voltar. Incapaz de reassumir sua vida, desorientado e confuso, Mark preocupa a todos, especialmente sua esposa Elena que se preocupa não só com Mark mas com o mistério que envolve o desaparecimento de David.

Sedução: o que poderia ser um simples drama histórico sobre professores e alunos, acaba ganhando minha atenção pela presença iluminada de Eva Green, a charmosa francesa de Os Sonhadores e Cassino Royale. Na trama, Inglaterra. Sra. G é professora de uma austera escola para garotas. Enquanto a maioria das professoras são severas e rígidas, Sra. G é uma mulher a frente de seu tempo, com espírito jovem e aventureiro, fazendo questão de transmitir isso para suas alunas. Mas, o destino está prestes a mudar, quando a jovem e bela Fiamma, uma estudante espanhola, se matrícula na escola. A garota insiste em preservar sua independência o que chama a atenção de Sra. G. Conforme os laços se tornam mais íntimos, segredos e mentiras virão à tona com a descoberta de que a relação entre professora e aluna é mais do que simplesmente acadêmica.

Tags: , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: