Destaques da Semana em DVD (23 à 27/08)

Fúria de Titãs: um dos primeiros blockbusters deste ano, conseguiu alguma projeção pelo tema universal e a picaretagem do 3D, no entanto,o filme é bem meia-boca, não gosto da direção video-game de Louis Leterrier, muitos efeitos e personagens pouco carismáticos, a começar pelo protagonista. Ainda prefiro o original! Na trama, a disputa pelo poder lança os homens contra os reis, e os reis contra os deuses. Mas a guerra em curso entre os deuses já é suficiente para destruir o mundo. Nascido de um deus, porém criado como homem, Perseu (SAM WORTHINGTON) se vê indefeso para salvar a família da aniquilação por Hades (RALPH FIENNES), o vingativo deus do reino dos mortos. Sem nada a perder, Perseu se oferece como voluntário para comandar a perigosa missão de derrotar Hades, antes que este consiga obter poder de Zeus (LIAM NEESON) e instalar o inferno na Terra. Liderando um grupo de guerreiros, Perseus parte numa arriscada jornada nas profundezas dos mundos proibidos. Combatendo demônios cruéis e monstros terríveis, ele somente irá conseguir sobreviver se aceitar seu poder como um deus, desafiar a sorte e criar seu próprio destino.

Direito de Amar: Legítimo filme de Oscar, não pelo filme como todo, que falha em certos momentos, mas pelo trabalho fenomenal de Colin Firth, um grande ator que viveu de papéis certinhos em comédias românticas, aqui tem seu grande momento. Outro destaque da película é a ótima trilha sonora. Pena este título nacional medonho de novela mexicana. Na trama, dilacerado pela recente morte de seu amante de longa data em um trágico acidente, George Falconer (Colin Firth) mantém as aparências, ainda visto por outros como um homem no controle. Mas em um dia crucial em 1962, no ensolarado sul da Califórnia onde ele criou raízes, este professor universitário urbano se vê no limite da sua vida. Ele vai descobrir os ecos do passado no presente e vislumbrar versões alternativas do futuro – incluindo a forte possibilidade de nenhum futuro para si mesmo.

2019 – O Ano da Extinção: Acho que a distribuidora Imagem Filmes perdeu uma boa oportunidade de fazer dinheiro ao não lancar Daybreakers (me recuso em chamá-lo por título nacional) nos cinemas, o subgênero de vampiros nunca esteve tão em alta como atualmente e a trama é interessante e o elenco também, uma pena! Na trama, um misterioso vírus se espalha pela Terra, transformando quase toda a população em vampiros. Agora, as grandes cidades ganham vida quando o sol se põe e o sangue humano é o principal alimento da população. Enquanto os poucos humanos que ainda restaram são caçados e aprisionados numa espécie de fonte de alimento, toda a esperança está nas mãos do cientista Edward Dalton (Ethan Hawke), um vampiro que não quer se entregar à escuridão e luta para manter o lado humano que ainda existe dentro dele. Ed terá que enfrentar sua própria espécie em uma batalha mortal que irá decidir o futuro da raça humana.

Caso 39: Não há mais volta, Renée entrou definitivamente para o grupo de atores “preciso trocar de agente”, pois a carreira da simpática atriz de biquinho está indo de mal a pior, para vocês terem uma idéia este filme permaneceu inédito nos Eua, acho que esta sendo lançado agora em dvd, sem estrear no circuito cinematográfico naquelas bandas. E seu fracasso é merecido, o filme é uma vergonha alheia total, a trama nos remete ao clássico A Profecia e aos recentes O Filho do Mal e A Órfã, todos mais interessante. Na trama, Renée Zellweger vive a assistente social Emily Jenkins. Emily achava que já tinha visto de tudo, até ser designada para o misterioso caso de uma atormentada menina de 10 anos, Lilith Sullivan (Jodelle Ferland). Os piores temores de Emily se confirmam quando os pais tentam matar Lilith, sua única filha. Emily salva a menina e decide cuidar dela pessoalmente até que surja uma família para adotá-la.

Os Homens que Não Amavam as Mulheres: Para quem quiser assistir a adaptação original do best seller homônimo sueco antes de conferir o que David Fincher vai fazer em sua versão americana, chegou o momento de ver este que é o primeiro livro da trilogia de livros policiais que envolvem o jornalista Blomkvist (papel caberá a Daniel Craig, na versão americana) e a hacker Lisbeth. Na trama, Harriet Vanger desapareceu 36 anos atrás sem deixar pistas na ilha de Hedeby, um local que é quase propriedade exclusiva da poderosa família Vanger. Apesar da longa investigação policial a jovem de 16 anos nunca foi encontrada. Mesmo depois de tanto tempo seu tio decide continuar as buscas, contratando o jornalista investigativo da revista Millennium, Mikael Blomkvist, que não está em um bom momento de sua vida, enfrenta um processo por calúnia e difamação. Mas, quando o jornalista se junta a Lisbeth Salander, uma investigadora particular nada usual, incontrolável e anti social, a investigação avança muito além do que todos poderiam imaginar.


Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: