Destaques da Semana em DVD (25 a 29/10)

Kick-Ass – Quebrando Tudo: sem sombra de duvida um dos filmes mais bacanas deste ano, que a principio, não tem sido um ano marcante. Inventivo e pulsante, logicamente, lembrando Tarantino, que atualmente jah eh considerado quase um subgenero, a adaptação do HQ consegue manter o ritmo, a violência e o bons personagens, como não lembrar Big Daddy (Nicolas Cage em seu momento ano bissexto, numa boa interpretacao) e Hit Girl (um achado esta atriz mirim, que parece jah estar despontando em Hollywood). O filme acompanha um estudante nerd chamado Dave Lizewski que decide virar super-herói, apesar de não ter a menor capacidade atlética ou coordenação motora. Quando uma imagem sua, defendendo alguém contra bandidos, chega na internet, logo vem a fama e novos personagens se juntam a ele nesta verdadeira aventura violenta e de vinganças pessoais. As coisas mudam quando ele encara vilões reais com armas de verdade.

Garotos Perdidos 3: o braço Home Video do estúdio Warner parece ter achado um bom produto ao ressuscitar Garotos Perdidos, sucesso teen nos anos 80, claro que o momento não poderia ser mais oportuno, o filme trata de vampiros, febre que ainda não terminou, vide filmes, séries e outros expressões culturais, e para selar o uso do nome resgate um nome perdido do elenco original que estava sumido, no caso, Corey Feldman, que era um dos caçadores do original. Contra o filme, alem de ser uma produção pequena com cara de telefilme, no mal sentido, a primeira continuação foi um filme bastante fraco, logo, não sei o motivo real para a realização desta segunda continuação. No filme, o caçador de vampiros Edgar Frog está isolado. Mas antes de ser esquecido, uma escritora de livros o procura para mais uma missão. Ela é autora de uma famosa série sobre vampiros, e tem sua filha sequestrada pelo vampiro alfa D.J.Dusk. A escritora oferece a ele uma pequena fortuna, e ele parte para mais uma missão.

Rebelde com Causa: Michael Cera continua colhendo frutos do seu jeito nerd de ser, nem mesmo Jay Baruchek conseguiu isto, desde Juno e depois com Nick e Norah, Cera tem usado e abusado do seu biotipo, com fala mansa e olhar melancólico para protagonizar comédias ou dramas adolescentes. Neste filme independente, inédito nos cinemas, Cera ainda conta com um elenco respeitável ao seu lado com nomes como, Jean Smart, Zach Galifianakis, Ray Liotta e Steve Buscemi. No filme, ser adolescente não é nada fácil, ainda mais quando se é Nick Twisp (Michael Cera), um jovem que não tem nenhuma habilidade especial, é solitário e no auge dos seus 16 anos, é virgem! Mas em uma viagem em família, ele conhece, e se apaixona perdidamente, pela bela e aventureira Sheeni Saunders (Portia Doubleday). Mesmo sabendo que não contém nenhum atributo capaz de seduzir a moça, Nick cria um alterego: François. Com o seu jeito irresponsável, um bigode de vigarista e com um cigarro sempre na boca, François fará de tudo para conquistar Sheeni mesmo que, para isso, ele tenha que destruir o seu outro “eu”.

A Ilha dos Mortos: quando tudo parece apontar para o retorno da febre dos zumbis, que acho que nesta década ainda não passou, assim como os vampiros, afinal estamos na véspera de uma grande estreia, a série televisiva The Walking Dead (com direito a estreia mundial), temos a chegada de mais um longa do mestre do gênero, George Romero, sempre trabalhando os temas sociais com pano de fundo a saga de alguns humanos sobrevivendo em meio a um mundo tomado por zumbis. No filme, inédito nos cinemas, m um mundo devastado por mortos-vivos, um grupo de soldados mercenários descobre a existência de uma ilha que promete segurança para aqueles que ainda estão vivos. Neste cenário isolado e sombrio, duas famílias rivais há gerações, lutam pelo domínio total da ilha. Um lado é favorável ao extermínio de todos os zumbis, enquanto o outro prefere preservar os mortos-vivos, numa espécie de quarentena, a espera de uma possível cura. Com a chegada dos forasteiros, a tensão entre as duas famílias e os zumbis torna-se ainda mais intensa e incontrolável.


Tags: , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: