Para Sempre

Em meio a tantos lançamentos “entressafra” no cinema (pós-Oscar e pré-Blockbusters), resolvi buscar uns filmes comerciais lançados recentemente nos Eua que devem chegar em algum momento por aqui, caso deste, Para Sempre, que se não é baseado num livro de Nicholas Sparks (Diário de Uma Paixão, A Última Música, Querido John e, atualmente, Um Homem de Sorte), atual papa do romance água-com-açucar americano e mundial, não faria feio nesta galeria de livros adaptados da obra do autor. Algo em comum com o cinema de Sparks Para Sempre guarda, os protagonistas: Rachel McAdams (de O Diário de Uma Paixão) e Channing Tatum (de Querido John).

Mas como acontece com a maioria dos filmes do subgênero (drama romance), ele é realizado para o público feminino, logo ao retratar como o casal se conheceu/apaixonou após o acidente de carro que deixa a personagem de Rachel McAdams com perda de memória recente, vemos um verdadeiro conto “príncipe montado num cavalo branco”, exagerado ao extremo como em momentos quando o personagem de Channing Tatum manda uma caixa com vários itens para a personagem de McAdams que está resfriada, ou pior, quando a mesma fecha a janela para sentir o pum do companheiro dentro do carro, gerando momentos vergonha alheia. Além disso, o cabelo/peruca de McAdams nos flashbacks é medonho!

Se McAdams mostra a mesma vivacidade de O Diário de uma Paixão, acredito que ela incorpore esta paixão de contos de fadas de maneira visceral, Channing Tatum continua sendo um ator limitado, não segura as cenas mais dramáticas. Não sei como um ator tão sem carisma (como Sam Worthington) consegue estar tão onipresente no cinema, além de Para Sempre, Tatum está atualmente em Anjos da Lei e A Toda Prova e futuramente em mais 5 filmes! Parabéns ao agente do ator!

Faltou ao roteiro criar personagens secundários mais “importantes” dentro do arco dramático do filme, tirando o foco somente sobre os protagonistas, muito mais que o elenco conta como Jessica Lange e Sam Neill, em papéis que até envolvem um reviravolta na trama, mas tem pouco espaço em cena. Se é para voltar ao plot “cara precisa reconquistar seu amor”, fico com a bobagem divertida Como se Fosse a Primeira Vez, com Adam Sandler e Drew Barrymore.

PARA SEMPRE: 4,0

Direção: Michael Sucsy

Roteiro: Jason Katims, Abby Kohn, Stuart Sender e Marc Silverstein. 

Com: Channing Tatum, Jessica Lange, Rachel McAdams, Sam Neill, Scott Speedman e Wendy Crewson. 104 min.

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: