Destaques da Semana em DVD (25 à 29/06)

O Artista: grande vencedor do Oscar 2012, levou melhor filme e ator, entre outros, é um filme francês homenageando o cinema mudo americano; é um filme bacana, muito bem feito e bastante agradável de ser visto, principalmente, por conseguir equilibrar o drama e a comédia. Claro que para mim o filme não tem “a força dramática” para ter sido o ganhador do Oscar em diversas categorias, no entanto, entendo a votação da Academia neste momento nostálgico. O filme se passa na Hollywood de 1927 e conta a história do astro de cinema George Valentin, que, enquanto se preocupa com o futuro de sua carreira com a chegada do cinema falado, se apaixona por Peppy Miller, uma jovem dançarina que busca o sucesso.

Shame: desde já um dos melhores dramas deste ano, desde já um dos melhores estudos de personagem dos últimos ano, Steve McQueen dirige um filme visceral e tem na figura de Michael Fasssbender, uma verdadeira heresia sua não indicação ao Oscar, uma força de interpretação e presença muito acertada. ‘Shame’ gira em torno do bonitão Brandon, sujeito bem-sucedido que mora em Nova York e tem uma vida quase perfeita, se não fossem seus problemas para se relacionar intimamente. Sua fuga esta no sexo – frívolo, banal, sem pudor, sem concessões. Sua vida fica ainda mais conturbada quando sua irmã Sissy (Carey Mulligan) chega à cidade de surpresa.

Tão Forte e Tão Perto: gosto muito do cinema de Stephen Daldry, um especialsta em dramas, no entanto, aqui o roteiro não consegue equilibrar o drama e tem diversos momentos melodramáticos (no mau sentido), ainda encontrei dificuldade de criar simpatia pelo jovem garoto que carrega o filme (o moleque é muito chato), porém temos uma Sandra Bullock correta, o Oscar fez bem para a atriz, e Viola Davis em mais um ótimo momento. Em “Tão Forte e Tão Perto”, Oskar Schell, aos 11 anos de idade, é uma criança excepcional: inventor amador, admirador da cultura francesa, pacifista. Depois de encontrar uma misteriosa chave que pertencia a seu pai, que morreu no World Trade Center no 11/09, ele embarca em uma incrível jornada — uma urgente e secreta busca por um segredo pelas cinco regiões de Nova York. Enquanto Oskar vaga pela cidade, ele encontra pessoas de topos os tipos, todos sobreviventes em seus próprios caminhos. Por fim, a jornada de Oskar termina onde começou, mas com o consolo da experiência mais humana de todas: o amor.

O Caçador: filme independente que permaneceu inédito nos cinemas, conta com algumas boas críticas do estrangeiro; no elenco, Willem Dafoe, Frances O’Connor e Sam Neill. O filme é baseado no livro de Julia Leigh, e acompanha Marty, um mercenário enviado da Europa para a Tasmânia por uma empresa de biotecnologia anônima para caçar o último tigre-da-Tasmânia que existe. Ele estabelece a sua base numa casa de campo onde habita uma família cujo pai das crianças desapareceu misteriosamente. Habitualmente um solitário, Martin começa a aproximar-se da família dia após dia. No entanto, à medida que essa ligação cresce, Martin é arrastado para uma série de perigos inesperados que irão complicar a sua missão.

As Mulheres do 6º Andar: comédia francesa que passou rapidamente pelos cinemas, chegando agora em dvd. NaParis dos anos 60, Jean-Louis Joubert (Fabrice Luchini) é um corretor da bolsa que leva uma vida burguesa ao lado da esposa Suzanne. Quando a sua empregada doméstica, há 20 anos, decide ir embora, sua pacata rotina é transformada pela chegada de Maria (Natalia Verbeke), empregada espanhola que mora com a tia e outras conterrâneas nos pequenos alojamentos para empregados do sexto andar do prédio. Motivado pela simpatia de Maria, Jean-Louis começa a se aproximar dessas mulheres que, apesar dos dissabores da vida dura que levam, são alegres e bem dispostas. Tocado por estes seres femininos cheios de vida, ele começa a descobrir um novo universo, vivendo com emoção os prazeres mais sutis, em um ambiente completamente diferente aos modos austeros em que estava acostumado.

Flor da Neve e o Leque Secreto: drama do diretor nascido em Hong Kong, Wayne Wang, conhecido nos anos 90 pelo filme O Clube da Felicidade e da Sorte, mas que quando se transferiu para solo americano não conseguiu se afirmar como um diretor diferenciado, dirigindo “filminhos” como Encontro de Amor (Jennifer Lopez) e As Férias da Minha Vida (Queen Latifah), possivelmente sendo este motivo de seu retorno ao oriente. Na China do século 19, as amigas Flor da Neve e Lírio superam a distância física por meio de uma língua secreta. Paralelamente, a trama segue Nina e Sophia, duas mulheres contemporâneas que tentam compreender a história de suas ancestrais laotong.

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: