Destaques da Semana em DVD (09 à 13/07)

A Separação: ganhador do Oscar de filme estrangeiro neste ano, A Separação tem arrebatado excelentes críticas desde o ano passado, deixa de lado um dos “famosos” temas iranianos (retrato da pobreza com olhar sensível), para apostar num tema mais contemporâneo para a sociedade iraniana, claro não deixando de lado suas questões sociais/religiosas peculiares, estou muito ansioso para assistí-lo! Na trama, após se divorciar de sua esposa Simin (Leila Hatami), Nader (Peyman Moaadi) é obrigado a contratar uma jovem para tomar conta de seu pai idoso que sofre de Alzheimer em estágio avançado. Porém a diarista está grávida, e trabalhando sem o consentimento de seu marido, condições que junto a um terrível incidente, levará as duas famílias a um julgamento de cunho moral e religioso.

Espelho, Espelho Meu: o diretor indiano Tarsem Singh ficou vários anos afastado da direção e em menos de um ano (temporada) lançou essa aventura/cômica/romântica e o épico a la 300, Imortais, poderia ter ficado mais um ano sem lançar nada, nenhum filme é bom o suficiente que se justifique. Esse Espelho, Espelho Meu é uma bobagem sem tamanho, não tem graça e nem as novas idéias adotadas para o conto da Brance da Neve se justificam. Lamento por Julia Roberts, que não tem feito boas escolhas desde seu retorno! Baseado em um dos contos mais famosos dos irmãos Grimm: Branca de Neve e os Sete Anões, ‘Espelho, Espelho Meu’ traz Julia Roberts como a Rainha Má, que assume o controle de um reino e exila a princesa (Collins) de lá. Que recebe a ajuda de sete anões na tentativa de conquistar o seu direito ao trono, em uma aventura cheia de ação.

Como Agarrar Meu Ex-Namorado: não dou mais cinco anos para Katherine Heigl retornar para a televisão, claro que ela pode ter uma virada em sua carreira a qualquer momento, porém as perspectivas de filmes protagonizados pela carismática atriz, me fazem sentir falta de sua presença em Grey’s Anatomy. Na trama, divorciada e desempregada, Stephanie Plum (Heigl) aceita o emprego de caçadora de recompensas na firma de um primo esquisito. Munida de um bom par de saltos, um olhar provocante e um tubo de spray de pimenta, ela parte em busca de seu primeiro alvo – o atraente Joseph Morelli, ex-policial foragido, o mesmo por quem ela tinha uma queda desde os tempos de escola. Um homem perigoso e que valia dez mil dólares. E ela fará de tudo para capturá-lo nessa espirituosa trama sobre um crime não-resolvido.

Diário de Um Jornalista Bêbado: Johnny Depp dá um tempo em seus blockbusters para voltar ao universo do jornalista Hunter S. Thompson, como ocorrera em Medo e Delírio, logo esperem um tipo de filme bastante diferente do que Depp vem se especializando! Na trama, Paul Kemp (Depp) é um jornalista itinerante, que cansa de Nova York e viaja para Porto Rico, para escrever para um jornal. Kemp começa o hábito de beber cachaça e fica obcecado pela bela Chenault (Heard), que está noiva de um colega jornalista.

12 Horas: uma pena mais um diretor brasileiro cair na “armadilha” (claro que com conhecimento e sendo pago) de dirigir um filme de estúdio americano com roteiro a la Supercine. Até vejo algumas coisas interessantes, como a ambientação da trama, no entanto, o suspense tem elenco fraco e uma trama pra lá de implausível! ’12 Horas’ acompanha Jill Parrish (Seyfried), uma jovem que volta para casa e descobre que sua irmã desapareceu. Ela começa a procurar a irmã, que já havia sido perseguida por um Serial Killer, e tenta fazer justiça com as próprias mãos.

Golpe de Gênio: bom sabem como funciona Hollywood, ator consegue repercussão e mídia, logo todos seus filmes “menores” ganham holofotes, este é o caso desta comédia com Jeremy Renner, que neste ano está em Os Vingadores e O Legado Bourne, além da recente participação em Missão Impossível 4, junto a a ele Dallas Roberts, ator com participações em The Good Wife, como irmão gay de Alicia. Na trama, a fantástica história de Matt e Sam, dois amigos que vão da miséria a riqueza estrema. Um deles é um pequeno inventor sem muita criatividade e o outro um vendedor tão agressivo quanto um tubarão, eles estão no fundo do poço até que descobrem um dispositivo que os torna um fenômeno mundial.

Tags: , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: