Destaques da Semana em DVD (20 à 24/08)

Plano de Fuga: podem falar o que quiserem da vida pessoal turbulenta de Mel Gibson, mas que o “cara” tem carisma e ainda consegue fazer filme bacanas, também é verdade. Mesmo com uma premissa simples e absurda, sabendo que o presídio foi real, o filme tem ritmo, é divertido e bom de assistir. Na trama, um criminoso americano (Mel Gibson) que foi preso pelas autoridades mexicanas e enviado para um presídio lotado de bandidos de alta periculosidade. Não bastasse essa experiência bizarra, ele acaba se envolvendo com uma família local e se metendo numa grande enrascada em terras estrangeiras porque a bandidagem agora quer a pele dele.

American Pie: O Reencontro: mesmo achando muito divertido rever personagens anos após o reconhecimento do filme, preciso dizer que a comédia não consegue ser mais do “mais do mesmo”, o diferencial foi reunir o elenco original, mesmo que alguns em pequenas pontas. Na trama, dez anos após os acontecimentos de American Pie – O Casamento, os protagonistas se reúnem para relembrar os velhos tempos. Michelle (Alyson Hannigan) e Jim (Jason Biggs) estão se habituando à vida de casados, enquanto cuidam de seu filho. Kevin (Thomas Ian Nicholas) e Vicky (Tara Reid) se separaram, Oz (Chris Klein) e Heather (Mena Suvari) estão se distanciando aos poucos, mas Finch (Eddie Kaye Thomas) continua louco pela mãe de Stifler (Sean William Scott).

Headhunters: curioso thriller norueguês que ganha o espectador pela rápida mudança de gênero após início similar aos filmes de roubo de arte a la Thomas Crown, gostei bastante da dinâmica do filme das motivações, possivelmente, será refilmado em solo americana. Na trama, Roger Brown (Aksel Hennie) é um malandro encantador, conhecido como o melhor caçador de talentos da Noruega. Ele vive uma vida de luxo, bem acima do que poderia prover e passa a roubar objetos de arte para financiar seu caro estilo de vida. Quando sua esposa Diana (Synnøve Macody Lund), dona de uma galeria de arte, apresenta-o a Clas Greve (Nikolaj Coster-Waldau), um ex-mercenário que possui um quadro extremamente valioso, ele decide arriscar tudo para tomar a pintura para si. Mas, ao entrar em ação, ele descobre algo que o faz com que se torne um homem procurado.

Raul Seixas – O Início, O Fim e O Meio: não sou muito fã do gênero documentário, no entanto, além de ser uma figura icônica este doc é dirigido pelo excelente diretor de fotografia Walter Carvalho, fica a dica! O percurso artístico e pessoal de um dos músicos mais originais do país, a infância e suas duas paixões: a música e o cinema; em 1968, quando lançou seu primeiro álbum, Raulzito e Os Panteras; a explosão no Festival Internacional da Canção de 1972 com Let me Sing, Let me Sing e, em 1973, quando lançou um dos seus maiores sucessos – Ouro de Tolo – crítica sutil e sofisticada à ditadura militar e ao milagre econômico.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: