Destaques da Semana em DVD (03 à 14/08)

Contrabando: filminho “mequetrefe” de Mark Wahlberg com um bom elenco coadjuvante, Kate Backinsale, Ben Foster, Giovanni Ribisi e J.K. Simmons, se não me engano é uma refilmagem de um filme islândes indicado desse país ao Oscar de 2012, logo, imagino que estragaram o filme, pois o roteiro não poderia ser mais banal e mal construído, com aquele velho chavão “criminosos volta para um último serviço e lógico que as coisas dão erradas”. Na trama, Mark Wahlberg é Chris Farraday, contrabandista que larga a vida do crime para cuidar de sua família. No entanto, quando seu jovem cunhado Andy (Caleb Landry Jones) estraga uma importante operação de drogas, Chris é obrigado a voltar ao seu antigo trabalho para tentar salvar sua esposa (Kate Beckinsale) e o jovem inconsequente.

Assassinos de Aluguel: lá vem Robert DeNiro num, aparente, filme policial típico americano (como vem decaindo suas escolhas nestes últimos anos!), lançado diretamente em home video por aqui, e o pior e é constatar que Forest Whitaker, que recentemente ganhou um Oscar, também está presente; para piorar, quem parece protagonizar o policial é o rapper 50 Cent! Na trama, Malo (50 Cent) é filho de um policial assassinado, que decide se inscrever na polícia para seguir seus passos. O ex-parceiro de trabalho de seu pai, Vic Sarcone (Robert De Niro), decide acolher o novato para que ele faça parte de sua equipe de tiras desonestos.

Piratas Pirados: mais uma animação do estúdio inglês Aardman, de Fuga de Galinhas e Wallace & Gromit, claro que com uso de “massinha”. Mesmo achando a trama bastante original com algumas boas piadas, como a pirata mulher infiltrada e o caráter de Darwin, achei que o filme não acerta muito na comédia. Na trama, o pirata Capitão é um aventuresco, embora nem sempre bem-sucedido, terror dos Sete Mares. Seu sonho: derrotar Black Bellamy e Cutlass Liz e levar o troféu de Pirata do Ano. Para conseguir, Capitão vai com sua tripulação da exótica Ilha de Sangue às ruas da Londres vitoriana, batalhando contra a Rainha Vitória e com a preciosa ajuda do jovem Charles Darwin.

E Aí Comeu?:  mais uma comédia nacional da “turma de Bruno Mazzeo”, que ao mesmo tempo que parece acertar no foco de conversa machista de bar, não consegue abrir mão de agradar o público feminino e acaba enfraquecendo seus personagens, fica num meio termo! A trama conta a história deste trio inseparável formado por Fernando (Mazzeo), recém-separado, que conhece uma adolescente linda, e, para sua surpresa, ela foge clichê da ninfeta ingênua, é inteligente, bem resolvida e muito madura; Honório (Palmeira), jornalista, um esquerdista à moda antiga, casado, que suspeita que está sendo traído pela mulher; Fonsinho (Emilio), escritor e conquistador de mulheres, que nunca se casou e nunca conseguiu terminar um livro.

Trair é uma Arte: filme inglês de 2010 que demorou para chegar por aqui, porém chama muito a atenção pelo ótimo elenco reunido, como Gillian “agente Scully” Anderson, Alan Cumming, Heather Graham, Danny Huston, Jack Huston, Christopher Lee, Charlotte Rampling e Amanda Seyfried. Esta comédia se passa no cenário de arte Contemporâneo Londrino onde desejo, ambição e poder prevalecem enquanto sucesso e fracasso se equilibram na ponta da faca, retratando de forma satírica o apetite sexual voraz e moral duvidosa de alguns dos seus maiores expoentes.

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: