Destaques da Semana em DVD (21 à 25/01)

marcadosMarcados para Morrer: uma das melhores surpresas do ano passado, um ótimo policial calcado no subgênero “falso documentário”, lembrando muito a série televisiva Southland, e mesmo apresentando os problemas do gênero (como o presença da câmera em momentos de difícil explicação) e alguns clichês no roteiro, a direção de David Ayer teve o grande acerto na escalação da dupla protagonista, Jake Gyllenhaal e Michael Pena, atuam de maneira vibrante e natural, impossível não simpatizar com o forte carisma dos personagens. A trama acompanha Taylor (Gyllenhaal) e Zavala (Peña), dois jovens policiais de Los Angeles que patrulham as áreas mais perigosas da cidade. Ao se depararem com uma terrível descoberta envolvendo o cartel de drogas que comanda a região, colocam suas vidas e de suas famílias em perigo.

osinfratoresOs Infratores: tido desde o início do ano como um forte candidato ao Oscar, Os Infratores foi perdendo sua força desde o lançamento, apesar de uma boa produção, com elenco caprichado e retrato da época competente, o filme do diretor John Hillcoat, tem alguns sérios problemas de roteiro, como na construção caricata do personagem de Guy Pearce, que enfraquece o drama do filme. História real dos lendários irmãos Bondurant, produtores de uísque durante a lei seca americana. Forrest (Tom Hardy) é o irmão mais velho. Durão, comanda a família. Howard (Jason Clarke) é seu braço-direito, enquanto que o caçula Jack (Shia LaBeouf) ainda precisa mostrar seu valor. Quando o negócio começa a prosperar, a máfia de Chicago envia Charlie (Guy Pearce) para acabar com a concorrência na cidade.

tedTed: comédia que fez um excelente sucesso nos cinemas, ainda conseguindo chamar a atenção na mídia aqui no Brasil em virtude de um deputado sem noção levar seu filho menor de idade para ver a comédia que claramente é dirigida ao público adulto, aquele velho problema de pessoas entrando em qualquer sala de cinema sem ter a menor noção do que esta sendo exibido! Mesmo apresentando alguns problemas de dinâmica, o roteiro de Seth MacFarlane (também diretor, e agora, apresentador do Oscar) tem algumas virtudes que criar uma espécia de anarquia dentro da comédia, o que é sedutor para o público. Em um Natal, o ursinho de pelúcia de John Bennett (Mark Wahlberg) ganha vida. Os dois crescem juntos e, já adulto, ele deve escolher entre ficar com sua namorada Lori Collins (Mila Kunis) ou manter sua amizade com o urso Ted (Seth MacFarlane).

aspalavrasAs Palavras: drama que passou rapidamente pelos cinemas reúne um elenco chamativo com nomes como Bradley Cooper (procurando desvincular seu nome das comédias), Zoe Saldana, Olivia Wilde, Dennis Quaid e Jeremy Irons. Na trama, ccom uma linda mulher, Rory Jasen (Bradley Cooper) trabalha em uma editora de livros e alimenta o sonho em um dia ter o próprio livro publicado. Com o passar o tempo, o sonho vai dando lugar à frustração e Rory chega a conclusão de que nunca conseguirá escrever algo realmente bom. Mas eis que, um dia, em uma pequena loja de antiguidades, ele encontra uma pasta com um maço de folhas amareladas e, ao ler, Rory sente-se rapidamente ligado à história e não consegue tirar ela da cabeça. Tomado por um impulso, ele começa a transcrever todo o conteúdo para a tela do computador. Palavra por palavra, aquela história começa a ganhar vida através de Rory. Resultado: seu primeiro livro é publicado. Prêmios e fama passam a ser rotina na vida do casal até o dia em que um frágil senhor (Jeremy Irons) encontra Rory e conta para ele como as palavras de seu best seller foram realmente escritas.

rockofagesRock of Ages – O Filme: musical que passou batido nos nossos cinemas, mesmo contando com a figura de Tom Cruise no elenco. Na trama, Los Angeles, anos 80. Uma garota do interior (Julianne Hough) vai para a cidade em busca do sonho de se tornar uma cantora. Tudo parece lindo e maravilhoso, até que a menina chega em frente ao famoso bar The Bourbon Room e tem seus discos roubados. Isso a coloca no caminho de Drew Boley (Diego Boneta), que se apaixona por ela e a coloca no mundo sensual do glam rock.

abraham lincolnAbraham Lincoln – O Caçador de Vampiros: apesar de baseado numa HQ bastante elogiada e contar uma história de ficção com contexto histórico numa época de fortes questões políticas (Guerrra da Secessão), o trabalho de Timur é de um desastre assustador, tudo em cena é um misen-en-cene, com atores fracos e poucos expressivos, e os efeitos em diversos momentos parecem fake demais. Na trama, depois morte de sua mãe, causada por uma criatura sobrenatural, o jovem Abraham Lincoln (Benjamin Walker) passa a procurar vingança contra o assassino. Sua busca o leva a um mundo sombrio, no qual os vampiros escravos como alimento em seu império secreto localizado no sul dos Estados Unidos. Vendo que caçá-los apenas não é suficiente, Lincoln decide se tornar o líder da nação.

rubysparksRuby Sparks – A Namorada Perfeita: novo trabalho da dupla Jonathan Dayton e Valarie Faris, responsáveis pelo sucesso Pequena Miss Sunshine, agora apostando numa comédia romântica com cara “indie”, reunindo um bom elenco. Na trama, Calvin (Paul Dano) é um jovem romancista que alcançou um enorme sucesso no início de sua carreira, mas agora está passando por um bloqueio com sua escrita e sua vida amorosa. Finalmente, ele faz uma descoberta e cria uma personagem inspiradora, chamada Ruby (Zoe Kazan). Semanas depois, quando Calvin encontra Ruby, em carne e osso, sentada em seu sofá, ele fica completamente surpreso que suas palavras tenham se transformado em uma pessoa real.

Tags: , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: