Destaques da Semana em DVD/BluRay (01 à 12/07)

ovooO Vôo: retorno aos filmes dramáticos de Robert Zemeckis, envolvido em animações de captura de movimento; Zemeckis recria um acidente de avião irretocável de tão espetacular e tenso, no entanto, junto ao roteiro não consegue evitar o maniqueísmo ao final. Mesmo assim, tem méritos por tratar do tema tão polêmico e delicado, alcoolismo funcional, e contr com a força da natureza que é a presença e carisma de Denzel Washington, indicado ao Oscar de melhor ator nesse ano., Na trama, Whip Whitaker (Denzel Washington) é um experiente piloto de avião, que por milagre aterrissa sua aeronave depois de uma catástrofe em pleno ar, salvando quase todos os passageiros a bordo. Depois do acidente, Whip é considerado um herói, porém, na medida em que mais fatos se tornam conhecidos, mais perguntas do que respostas surgem sobre quem ou o quê realmente estava errado e o que, na verdade, aconteceu naquele avião.

oamanteO Amante da Rainha: passou rapidamente pelos nossos cinemas, esse filme dinamarquês indicado ao Oscar de filme estrangeiro nesse ano, que conta com um ator já bastante reconhecido mundialmente, Mads Mikkelsen, do ótima A Caça e da série televisiva, Hannibal. Na trama, a jovem rainha da Dinamarca, Carolina Matilde (Alicia Vikander), casada com o rei insano Cristiano VII (Mikkel Boe Følsgaard), apaixona-se secretamente pelo médico da realeza Struensee (Mads Mikkelsen). Juntos, eles iniciam uma revolução capaz de transformar uma nação para sempre.

Poster_16_luas.inddDezesseis Luas: mais uma tentativa de encontrar uma nova franquia jovem, claro que envolvendo temas sobrenaturais e um amor impossível (bom resumo?); aqui, até temos o charme do sul americano e as presenças de Emma Thompson e Jeremy Irons, porém, não há como aturar uma nova sessão de suspiros e corações partidos envoltos numa conspiração familiar, e o que dizer de falta de química do casal protagonista. Na trama, Ethan Wate (Alden Ehrenreich) é um estudante do colegial que mora em Gatlin, um pequeno vilarejo na Carolina do Sul. Ele vive isolado dos outros jovens em uma sociedade intolerante, perturbado pelos sonhos com uma garota misteriosa. Um dia, uma nova adolescente chega ao local: Lena Duchannes (Alice Englert), que também tem problemas de adaptação. Logo, os habitantes de Gatlin descobrem que ela possui poderes sobrenaturais. Ethan e Lena se apaixonam e agora devem lutar contra uma maldição se quiserem ficar juntos.

ozOz – Mágico e Poderoso: uma das primeiras surpresas do ano de 2013, ganhou uma fortuna em bilheteria e ressuscitou para uma nova geração as aventuras de Dorothy (aqui, obviamente não mencionada) no mundo de Oz, servindo de prequel para O Mágico de Oz, não curto muito James Franco, acho-o um ator limitado e de pouco carisma para carregar o filme, porém, cercaram ele de bons efeitos (num colorido diferente que remete ao clássico) e belas atrizes, Michelle Williams, Mila Kunis e Rachel Weisz. Não mais que uma boa Sessão da Tarde! As origens do personagem de L. Frank Baum, o Mágico de Oz. Quando Oscar Diggs (James Franco), um inexpressivo mágico de circo de ética duvidosa é afastado da poeirenta Kansas e acaba na vibrante Terra de Oz, ele acha que tirou a sorte grande, até encontrar três feiticeiras, Theodora (Mila Kunis), Evanora (Rachel Weisz) e Glinda (Michelle Williams), que não estão convencidas de que ele é o grande mágico que todos estão esperando. Relutantemente envolvido nos problemas épicos que a Terra de Oz e seus habitantes enfrentam, Oscar precisa descobrir quem é bom e quem é mau antes que seja tarde demais. Lançando mão de suas artes mágicas por meio da ilusão, ingenuidade e até de um pouco de magia, Oscar transforma-se não apenas no grande e poderoso Mágico de Oz, mas também em um homem melhor.

oquartetoO Quarteto: não deve conseguir a mesma repercussão de O Excêntrico Hotel Marigold (de temática similar), mas a estréia de Dustin Hoffman na direção parece ser mais do que uma bela reunião de um elenco de atores veteranos excepcionais, como Maggie Smith, Pauline Collins, Billy Connolly, Tom Courtenay e Michael Gambon. Na trama, Wilf (Billy Connolly), Reggie (Tom Courtenay) e Cissy (Pauline Collins) vivem em um asilo para cantores de ópera aposentados, onde todos os anos os residentes fazem um concerto para angariar fundos para a instituição. Quando Jean Horton (Maggie Smith), antiga grande cantora de ópera em dificuldade e ex-esposa de Reggie, se muda para o asilo,os quatro dos maiores nomes da ópera inglesa ficam sob o mesmo teto e se preparam para uma nova apresentação juntos.

umportoUm Porto Seguro: não sei como um diretor até pouco anos atrás conceituado (pelo menos, tinha um bom nome a zelar), Lasse Hallstrom, foi enveredar por caminhos tão simplistas como este filme, um verdadeiro água-com-açucar, do escritor Nicholas Sparks (do qual Hallstrom já havia dirigido Querido John). Aqui, temos uma das tramas mais sem cabimento do escritor, apelando para um clima policial, desnecessário em seus romances ensolarados, faltou uma química melhor entre os protagonistas. Na trama de Um Porto Seguro, acompanhamos Katie, uma garota que vem Southport, cidade na Carolina do Norte, trazendo consigo um passado obscuro. Logo começa uma relação com um viúvo, que tem dois filhos. Sua vida parece perfeita, até que seus segredos começam a ser revelados. Ela vai reconhecer que o amor é a única coisa que salvá-la.

bemvindoBem-Vindo aos 40: comédia com toques de drama que chega inédita em nossas terras, lança um olhar sobre a vida de Pete (Paul Rudd) e Debbie (Leslie Mann) alguns anos após os acontecimentos de Ligeiramente Grávidos (sucesso da turma do diretor Judd Apatow). O longa continuará a história dos personagens secundários vividos por Paul Rudd e Leslie Mann no original. No elenco, também temos Jonah Hill (‘Superbad’), Vince Vaughn (‘Encontro de Casais’), Megan Fox (‘Garota infernal’), Jason Segel, John Lithgow, Iris Apatow, Maude Apatow, Melissa McCarthy e Albert Brooks sob a direção de Judd Apatow.

semperdaoSem Perdão: filme sobre vingança (mais um), fazendo um misto de thriller e drama de personagens, com elenco acima da média (Colin Farrell, Noomi Rapace, Terrence Howard e Isabelle Rupert), porém nem mesmo a direção estrangeira de Niels Arden Oplev (da versão sueca Os Homens que Não Amavam as Mulheres) consegue fazer o estiloso filmes ser mais do mesmo dentro do subgênero. Na trama, Victor trabalha como o braço direito de um grande criminoso em Nova York. Um dia, ele encontra uma vítima de um crime, que considera Victor o homem perfeito para ajudá-la em sua vingança.

depoisdelucia_1

Depois de Lúcia: representante mexicano para a disputa no Oscar de filme estrangeiro nesse ano, não abocanhou uma vaga, porém tem recebido boas críticas. Ganhou a mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes 2012. Na trama, depois da morte da esposa, Roberto e Alejandra, sua filha de 15 anos, mudam de cidade para tentar recomeçar a vida. Alejandra ingressa em um novo colégio e começa a sofrer abusos físicos e emocionais, mas envergonhada, não conta nada para o pai.

Tags: , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: