Destaques da Semana em DVD/BluRay (23 à 27/09)

acaçaA Caça: para mim, desde já, um dos melhores filmes do ano, mesmo tendo lido algumas críticas quando ao fato do roteiro ser maniqueísta, o que não concordo, pois o roteiro sempre deixa claro a postura do personagem frente às acusações sofridas. Uma das coisas mais interessantes da direção/roteiro de Thomas Vinterberg é a sensação de impotência com um misto de revolta que o filme provoca em quem assiste à trágica trajetória do personagem de Mads Mikkelsen (gigante em cena!). Na trama,  Lucas (Mads Mikkelsen) trabalha em uma creche. Simpático e amigo de todos, ele tenta reconstruir a vida após um divórcio complicado, no qual perdeu a guarda do filho. Tudo vai bem até que, um dia, uma de suas alunas inventa à diretora da creche que Lucas lhe mostrou suas partes íntimas. A acusação logo faz com que ele seja afastado do trabalho e, mesmo sem qualquer tipo de comprovação, seja perseguido pelos moradores da cidade em que vive.

faroesteFaroeste Caboclo: nacional que achava que faria uma carreira melhor nos cinemas, não teve tanta repercussão assim, mas para quem não sabe, trata-se da adaptação da música homônima de Renato Russo, então cantor do Legião Urbana. Na trama, a saga de João de Santo Cristo (Fabrício Boliveira) desde sua infância no interior da Bahia até sua ascenção, quando vai tentar a sorte em Brasília. Ajudado por Pablo (Cesar Troncoso), um primo distante peruano, que vende drogas da Bolívia, ele vai trabalhar numa carpintaria, mas também se envolve com o tráfico de drogas. Um dia, por acaso, ele conhece a bela Maria Lúcia (Ísis Valverde), filha de um senador (Marcos Paulo). Os dois se apaixonam, mas João mergulha cada vez mais numa escalada de crime e violência – até encontrar seu maior inimigo, o playboy e traficante Jeremias (Felipe Abib), rival nos negócios e no coração de Maria Lúcia.

ograndeO Grande Gatsby: apesar de ter achado um filme belíssimo, a adaptação de O Grande Gatsby por Bazz Luhrmann me incomodou um pouco em sua primeira parte, achei um pouco monótono demais, quando o roteiro abraça a tragédia e retrato dos excessos dos personagens o filme encorpa de maneira competente. Mesmo assim é de se destacar a forte presença de Leonardo DiCaprio, já Tobey Maguire não dá sustento ao seu personagem. Na trama, o aspirante a escritor Nick Carraway (Tobey Maguire) deixa o Centro-Oeste americano e chega a Nova York, na primavera de 1922, em uma era de afrouxamento moral, jazz resplandecente e rios de contrabando. Perseguindo o próprio sonho americano, Nick vira vizinho de um misterioso e festeiro milionário, Jay Gatsby (Leonardo DiCaprio), quando vai viver do outro lado da baía com a prima Daisy Buchanan (Carey Mulligan) e seu marido mulherengo de sangue azul Tom (Joey Edgerton). É assim que Nick é atraído para o mundo cativante dos milionários, suas ilusões, amores e fraudes. Ao testemunhar fatos de dentro e fora do mundo que ele habita, Nick escreve um conto de amor impossível, sonhos incorruptíveis e tragédias que espelham conflitos em tempos modernos.

segredosSegredos de Sangue: estranho e curioso filme do diretor coreano Park Chan-Wook (famoso pela Trilogia da Vingança, entres eles, Oldboy), estreando em terras americanas, contando com um elenco bacana e uma trama escrita pelo ator Wentworth Miller, famoso como Michael Scofield da Prison Break. Na trama, o pai de India (Wasikowska) morre em um acidente de carro e seu tio Charlie (Goode), cuja existência ela ignorava, vem morar com ela e sua mãe (Nicole Kidman). Pouco depois da mudança, India começa a suspeitar que esse homem misterioso e charmoso tem motivos sombrios. Ao invés de sentir raiva ou horror, a garota sem amigos começa a se encantar por ele.

giovanniGiovanni Improtta: não sou muito fã de José Wilker, nem mesmo como crítico, mas achava que pelo menos ele tinha um senso comum ao observar que o sucesso de um personagem numa novela tem um tempo de vida útil, não há garantia em transportá-lo aos cinemas e achar que o público responderá da mesma maneira, afinal são mídias diferentes. Deu no que deu, um fracasso! Na trama, Giovanni Improtta (José Wilker) é um contraventor que sonha com a ascensão social. Ao saber que a lei dos cassinos está sendo negociada nos bastidores, ele resolve entrar para o ramo. Para limpar sua imagem recorre ao vereador evangélico Franklin (Thelmo Fernandes), seu velho amigo, que lhe consegue o título de cidadão honorário do Rio de Janeiro. Apesar de ser casado com Marilene (Andréa Beltrão), Giovanni mantém um caso tórrido com Patrícia, filha de um figurão. Como o pai dela não gosta do romance, Giovanni decide agradá-lo comprando um rim, já que sofre de problemas renais. Porém, o que ele não esperava era ser acusado de tráfico de órgãos e, para piorar, que o promotor do caso fosse assassinado. Giovanni logo se torna o suspeito número um do crime e agora precisa encontrar um meio de provar sua inocência.

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: