Grey’s Anatomy – 8ª temporada (FINALIZADA)

s08e01/02 Free Falling/She’s Gone – Shonda Rhimes não dorme no ponto, caprichou na season premiere da série entrando em sua oitava temporada, melhor que muita novata que anda surgindo. Mesmo sem nenhum grande evento (no sentido médico) na season finale passada, tivemos um premiere bastante agitada, principalmente, nas personagens Meredith e Christina. E o melhor foi constatar que o crescimento dramático de Meredith está sendo trabalhado de maneira acertada e a personagem definitivamente deixou para trás aquele velho mi-mi-mi (nada como maternidade para mudar uma mulher), já Cristina sem comentários, sempre um show à parte. No mais a pobre April sendo atropelada pelos demais residentes que não a enxergam como a nova chefe dos residentes. Achei a atitude do Chefe impressionante, não esperava isto vindo dele, afinal médico e ego são coisas que andam juntas, abrir mão do seu experimento para Bailey e assumir a culpa no lugar de Meredith, que afinal só fez aquela troca por se tratar da esposa dele, é uma atitude bastante questionável mas não sei se não faria a mesma coisa. Excelente início!

s08e03 Take the Lead – nossa que clima mais primeira/segunda temporada, onde as cirurgias faziam metaforas para os momentos dos residentes, todos com cirurgias, a principio, simples se veem envolvidos em diversos problemas, desde comunicacao com o paciente ateh esquecer o procedimento cirurgico, muito bom! Jah, Meredith pressiona Derek para saber qual sua posicao quanto casal, e o mesmo acontece com Owen e Christina, muito mais que Owen assumiu o cargo de Chief, quem nao gostou muito da ideia foi Bailey;

s08e04 What Is It About Men – muito oportuno este episódio especial da série, focado nos personagens masculinos, com direito a narração em off e tudo, as mulheres foram mero enfeite de cena (de verdade), a única diferença notavel foi o tom de humor muito mais presente do que o habitual drama das mulheres, coisas de “buddy”. Os médicos de Seattle Grace são chamados para cumprir suas responsabilidades quando um tumulto em uma convenção de quadrinhos causa um influxo de personagens coloridos no P.S. mesclando as linhas da fantasia e realidade; Mark mostra o seu lado mais carinhoso com Sofia quando Arizona e Callie saem da cidade, mas no trabalho, ele ainda continua dificultando a vida de Jackson; Ben retorna ao P.S. apenas para descobrir que Bailey seguiu em frente com o enfermeiro Eli; e os médicos, do sexo masculino, criam um vínculo sobre suas frustações com as mulheres em um episódio especial de todos os garotos de Grey’s Anatomy;

s08e05 Love, Loss and Legacy – Os residentes tentam de tudo para impressionar a grande cirurgiã Catherine Avery, também conhecida como a mãe do Jackson, quando ela chega ao Seattle Grace para realizar um transplante pioneiro na cirurgia, de penis; Arizona e Alex ficam de mãos atadas com um problema de confidencialidade quando uma paciente familiar entra no P.S., no caso, Zola; enquanto isso, uma apaixonada Teddy planeja um jantar para os casais e Bailey toma uma decisão sobre sua vida amorosa; a temporada vem numa crescente bastante interessante!

s08e06 Poker Face – episódio centrado em Callie, que não aguenta mais a aproximação de Sloan e Arizona, e não tem mais privacidade em casa, e em Kepner que ainda precisa encontrar um jeito de ser chefe dos residentes, o ritmo bom, pacientes ok, inclusive com a participação de Lee Majors. Após ter sido banida pela maioria dos cirurgiões atendentes, Meredith usará Lexie para despertar em Derek o interesse no caso clínico de seu paciente com tumor cerebral e, em segredo (claro), dará orientação para April sobre o ensaio clínico de Bailey. Callie desejou tanto uma amizade entre Arizona e Mark que quando torna-se concreto, ela percebe que isso é mais irritante que útil. Alex e Teddy pesquisam cirurgias alternativas para um paciente muito superficial. Callie e Cristina terão um paciente para uma difícil luta cirúrgica na espinha.

s08e07 Put Me In, Coach – episodio “sessao da tarde” da serie, que buscou retratar a dinamica da equipe, envolvendo assim todos os personagens num jogo de baseball contra um time de outro hospital, assim conhecemos a nova namoradinha de Sloane, vemos no hospital um momento bacana entre Teddy e Christina (finalmente!), Lexie volta a ganhar destaque, Meredith tenta acertar os pontos com Bailey e Karev da um jeito de agilizar o processo de adocao da crianca de Derek e Meredith, legal!

s08e08 Heart-Shaped Box – tem como nao gostar desta temporada de Grey’s?? esta muito boa, simples, com o retorno dos famosos casos medicos metaforas dos momentos de cada medico; num episodio bastante movimentado, tivemos o retorno de Mamae O’Malley, cheia de carinho e sorrisos com Mer, Bailey e Callie (que ateh retorno ao armario, nao revelando, inicialmente, sua relacao com Arizona), Karev com receio por uma nova bolsista, Avery dividido entre o clima de Lexie com Sloan e sua paixao pelo Pelotao de Plastica, e a cereja do bolo, um coracao dentro de uma caixa, esperando um transplante, aos cuidados de Christina que se transforma num “consultor” para os dilemas, gracas a dica a la mestre Myagi de Chief;

s08e09 Dark was the Night – antes de entrar em hiato, Grey’s dah um tempo no clima leve e aposta forte no drama ao fechar o arco de Henry Burton no Seattle Grace, resta saber como Teddy lidarah com isto; Mer descobre q possivelmente ela e Derek nao conseguirao a guarda de Zola e ao buscar um bebe de um hospital sem condicoes sua ambulancia quebra no meio da rua e eles sofrem um acidente, na verdade o choque eh na saida deles da ambulancia; no hospital um erro medico de Callie e Avery faz uma paciente ficar com um parafuso perfurando o coracao! muito drama!

s08e10 Suddenly – episódio inicial de 2012, iniciando após o gancho da sequência final, com o acidente envolvendo a ambulância de Karev e Meredith, agora após os cuidados com o bebê precisam cuidar de toda uma família que sofreu o acidente, já no Seattle Grace, Cristina precisa operar com Teddy sem esta saber da morte de Henry (muito bem conduzida por Kim Raver), aidna conhecemos melhor a namorada de Sloan, logicamente um excelente cirurgiã e que irá trabalhar com Lexie neste caso do episódio! A série continua numa temporada muito regular, conduzindo, até aqui, muito bem todas as storylines dos personagens, não lembro recentemente da série conseguir levar uma temporada de maneira tão acertada quanto esta, isto que estamos na 8ª temporada!

s08e11 This Magic Moment – Os médicos se dividem em equipes para a cirurgia de risco envolvendo gêmeos siameses, enquanto isso Bailey recruta Meredith para ser um tampão entre ela e Ben, quando ele coloca pressão sobre mover o seu relacionamento para um nível mais sério. Richard ensina uma lição dura para Alex na OR; já Teddy questiona Cristina sobre o que realmente aconteceu com Henry durante a sua cirurgia. Adoro estes episódios médicos da série, com um grande evento reunindo todos os cirurgiões, como não torcer para nada dar errado e, neste meio tempo, ver como Robbins pode ser chata, Richard roubando as cirurgias de Karev e Bailey não sabendo como levar seu relacionamento. E quando não aguentava, assim como Kepner, ouvir Cristina narrar os procedimentos médicos para Teddy, o que me questionava como o Hospital havia liberado ela para cirurgias após somente duas semanas da morte do marido e, ainda, permitir que uma cirurgiã ficasse de pé sem nada intervir nos procedimentos somente para narrar o que fizera, os roteiristas criam aquela bela sequência onde Teddy assume para Cristina que faria tudo exatamente igual ao que ela realizara, uma sequência de diálogos delicados de Teddy para com Cristina, salvou toda a storyline do episódio!

s08e12 Hope for the Hopeless – mais um ótimo episódio, que trouxe algumas boas storylines, Meredith precisa decidir qual será sua especialização, todos a pressionam para seguir a cirurgia geral, igual sua mãe, além disso, ela está organizando uma festinha para Zola; já Richard irá comemorar sua cirurgia número 10.000, porém a visita de sua mulher com alzheimer ao hospital rende uma das cenas mais belíssimas e tristes da temporada, ao som de My Funny Valentine, difícil resistir às lagrimas; e o momento conflito de relacionamento coube a Owen e Christina quando esta e Teddy desobedecem uma ordem sua, trazendo à tona o aborto de Christina, porém na frente de todos os amigos, barra pesadíssima!

s08e13 If/Then – muito bacana quando uma série já em sua oitava temporada se dá ao direito de brincar com a velha máxima “e se…”, mudando tramas conhecidas e mexendo com as principais características construídas ao longo do tempo com os personagens. Interessante que o grande pilar movido, que mexeu com a maioria dos personagens, foi a não-doença de Ellis Grey, logo ela ainda manda no Seattle Grace, casada com Richard, que é pai de criação de Meredith, noiva de Karev (que apresenta seus tropeços); a dra. Bailey por ter ficado sempre á sombra de Ellis, se tornou uma médica insegura, em nada lembrando a nazi; Yang é a residente estranha e de atitude que conseguiu por algum motivo fazer com que o dr. Burke mudasse de estado; dra. Torres aparece casada e mãe de 3 filhos com Owen (ainda com sequelas da Guerra), apesar de o episódio ilustrar uma aproximação com Arizona. Além de Ellis Grey, o roteiro ressuscitou outro falecido da série, o residente do Mercy, Charles, e convidou a dra. Addison a fazer parte da trama do Seattle.

s08e14 All You Need Is Love – No espírito do Dia dos Namorados, Meredith e Derek tentam aproveitar a noite quando Lexie se oferece para cuidar de Zola; Callie transfere as tarefas de tomar conta de Sofia para Mark, assim ela poderá surpreender Arizona com um jantar romântico; e Ben prova a Bailey que ele a conhece melhor do que ela pensa. Enquanto isso, o pronto-socorro irá se encher de românticos, incluindo uma garota de 10 anos que teve uma reação alérgica a chocolates que ganhou de seu “namorado”, e um homem que foi atingido por um carro enquanto perseguia sua frustrada namorada.

s08e15 Have You Seem me Lately – talvez até aqui o episódio mais filler da temporada, aquele que passa a sensação de nada ter acontecido, mas mesmo assim um bom episódio; o evento com Private Pactice envolve um paciente de Amelia, irmã de Derek, que vai ao Seattle Mercy Grace pedir a ajuda do irmão. Em uma tentativa final para salvar a vida de Erica, Amelia chega ao Seattle Grace para pedir ajuda a Derek com o caso gliossarcoma; Cristina e Owen se envolvem em discussões acaloradas durante o aconselhamento matrimonial; Alex percebe que para ser um bom médico, ele vai ter de melhorar suas habilidades, e a Meredith é dada a chance de brilhar quando um homem chega à emergência após ter ficado com a mão presa em um moedor de carne. Enquanto isso, os residentes continuam a estudar para as próximas provas orais.

P.S.: Private Practice s05e15 You Break My Heart – voltei a visitar os personagens de PP depois de mais de uma temporada afastado, em virtude do gancho entre Derek, Amelia e Lexie com os personagens Cooper e Charlotte no episódio de Grey’s. Apesar de ser um episódio bem consistente com boas storylines, principalmente com a presença da irmã  de Sam (participação de Anika Noni Rose, de The Good Wife), ainda noto que a série não consegue ser mais do que um Barrados do Baile médico, onde os médicos se vêem sempre envolvidos em triângulos amorosos entre eles e alguns novos perosnagens, como o namoradinho de Violet (outrora a melhor personagem da série) e Benjamin Bratt, o que para mim em nada convence para assistir a série regularmente novamente.

s08e16 If Only You Were Lonely – como a condição Adele continua a deteriorar-se, Richard considera alterar a sua vida, mesmo contrariado; uma explosão em um café local resulta em um dia agitado na ER; Callie leva Meredith sob sua asa, ajudando seus estudos; Lexie se junta a Arizona e Alex na pediatria, eles continuam a cuidar de filho prematuro da atendente Morgan. Enquanto isso, Cristina meio que se perde em suspeitas sobre uma enfermeira e Owen.

s08e17 One Step too Far Derek encoraja uma hesitante Meredith a trabalhar com ele novamente na neurocirurgia; a mãe de Jackson, Catherine Avery, retorna ao Seattle Grace com uma colega da urologia e desenvolve um interesse em Richard; Cristina está cada vez mais desconfiada de cada movimento de Owen, principalmente no que se refere à enfermeira vivida por Summer Glau. Enquanto isso, Alex tenta negar o fato de que Morgan pode estar apaixonando-se por ele, quando todos apontam para isto. Mais um bom episódio, cheio de flertes e que acertou ao mostrar para Derek que Meredith não deve voltar mais para a Neuro, outro acerto foi a forma como a storyline de Christina fugiu do óbvio, não em sua totalidade, mas do que estava mais na cara, parabéns aos roteiristas!

s08e18 The Lion Sleeps Tonight – Um leão à solta em Seattle, deixando a vida e o relacionamento de um casal em risco; Lexie ouve discussão de Mark sobre morar com Júlia, Teddy começa a tomar medidas no sentido de um acerto de contas com a morte de Henry; Callie sonda sobre namoradas passadas de Arizona e Alex pede para ser retirado do caso envolvendo o bebê de Morgan, quando ela se torna muito dependente dele. Enquanto isso, Meredith tenta ser um apoio para Cristina quando a tensão entre ela e Owen atinge um ponto de ebulição. Nem preciso comentar que episódio bom!

s08e19 Support System – Cristina, devastada, pressiona Owen a confessar os detalhes íntimos de seu caso extraconjugal (naquelas sequências dignas de GA), Mark leva sua nova autoridade muito a sério quando ele se torna Chefe por alguns dias e tem um conflito com Richard e Bailey, sobre um paciente que irá fazer um transplante de fígado; e Callie acha que Meredith está pronta para as provas, enquanto o resto dos residentes continuam estressados sobre o mesmo. Enquanto isso, Callie, Arizona e Bailey planejam uma necessária “noite das garotas” com Teddy. Continua tudo ok!

s08e20 The Girl with No Name Os médicos trabalham em uma desconhecida, encontrada numa floresta, que acaba virando o assunto de um caso polical que ganha interesse nacional; Cristina prova ser a mais desejada quando os residentes começam suas entrevistas para cargos após a residência em alguns hospitais; e Richard encara uma situação desconfortável quando visita Adele na casa de repouso. Adoro quando a série abre mão de um episódio passado em um ou dois dias para fazer uma crônica mais “realista” de pacientes e médicos, foi o que houve aqui, com este episódio tenso e emocionalmente exaustivo, que angustia o tratamento da menina sequestrada anos atrás, suas contradições, seu apego à Meredith e seu deslocamento ao familiares, mais uma vez nesta temporada GA entrega um episódio excelente!

s08e21 Moment of Truth Depois de cinco anos de prática, os residentes desembarcam em San Francisco para passar pelos exames orais (porém, Meredith está doente, assim como Zola). Faíscas voam quando Richard Avery e Catherine se encontram em um hotel. Bailey intervém quando Owen e Teddy começam uma discussão acalorada sobre a sua jovem paciente vítima de acidente de carro. Mark tenta recrutar Lexie em um de seus casos. Alex se sente culpado por deixar o hospital quando a saúde de Tommy começa a falhar.

s08e22 Let The Bad Times Roll – Os residentes estão angustiados pelos resultados, relembrando cada resposta dada durante os exames, cada um com sua preocupação e uma constatação, April é completamente louca!; um amigo de infância de Arizona chega ao Seattle Grace buscando ajuda médica, relembrando a morte de seu irmão; os médicos tentam ajudar um paciente que está sem um terço de seu crânio (participação gratuita de Cynthia Watros, a já eterna Libby de Lost); Julia convida Mark a começar uma família com ela, o que faz com que Lexie tome uma atitude emocionante. Enquanto isso, Catherine conta a Richard que um de seus residentes falhou nas provas.

s08e23 Migration – nossa como Shonda Rhimes ´”bandida”, quando comecei a pensar em como ela desataria os nós desta verdadeira debandada dos residentes após as provas, ela aos 45 minutos do 2º tempo criar um acidente aéreo onde quase todos os personagens do Hospital estavam, sendo esta então a grande reviravolta da temporada! Uma verdadeira novelista! No entanto, nem tudo são flores, não gosto da maneira como April vem sido retratada neste último episódios, de chefe dos residentes, a jovem começa a aparentar uma insanidade injustificável, não sei qual será a intenção de Shonda com isto, acabou por enfraquecer uma boa personagem. Aos desavisados, teremos uma morte no elenco principal, o que está me incomodando é que estou com uma leve impressão que a morte não ocorrerá na queda do avião, mas sim, no Hospital mesmo, pegando a todos de surpresa, será Shonda?

s08e24 Flight Season Finale – A grande questão da Season Finale da ótima 8ª temporada de Gre’ys Anatomy é: qual o motivo de mais uma tragédia com os médicos do Seattle Grace Hospital Death? Ainda não sei responder, mas Shonda Rhimes arriscou muito nesta finale, espero que com a má repercussão a showrrunner repense seus planos para o nono ano da série. Matar um personagem do elenco é natural e dentro de Grey’s sempre funcionou pró-história, aqui não sei se faz sentido um evento dramático nestas proporções para este acontecimento, sendo que não faz dois anos o massacre dentro do hospital, aquele sim um evento trabalhado durante a temporada que culminou na season finale de maneira tão dramática! Assim, este acidente de avião que pouco foi comentado no episódio anterior somente me soou oportunista, não servindo como desculpa para “um ficar” dos residentes prestes a sair do Seattle Grace, será que os roteiristas trabalharão novamente o viés psicológico do trauma na próxima temporada? Claro que estou aqui num “blá-blá-blá” sobre escolhas dos roteiristas, mas se analisado especificamente o episódio me emocionei bastante com o eventos envolvendo o acidente, como não lamentar a saída de uma personagem tão querida quanto Lexie (por mim, seria o momento de partida de Sloan também), e ao mesmo tempo aquela sensação de tranquilidade no Hospital, que tensão, queria que alguem tentasse ligar e ficasse preocupado pelas horas sem notícia alguma! O roteiro abusou de furos nas tramas e não sei dizer até que pontou mais este “evento” de Grey’s será a favor da trama, mas acho que Shonda levou um susto (ruim) com a repercussão, e pensar que a temporada foi uma das melhores, mesmo em seu oitavo ano, uma pena!

STATUS: RENOVADA PARA A 9ª TEMPORADA (SET/12).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: