Continuum – 1ª temporada (FINALIZADA)

Continuum narra a história de Kyra Cameron (Rachel Nichols, de Criminal Minds), uma policial do ano de 2077 que viaja ao passado quando nove dos mais perigosos terroristas de sua época conseguem atravessar uma fissura no tempo. Responsáveis por organizar uma revolução com a qual eles pretendiam derrotar um sistema que eles consideravam opressivo, os terroristas pretendem matar os ancestrais daqueles que eles consideram seus inimigos.

Assim, armada com tecnologia futurista, Kyra chega em Vancouver. O problema é que, ao chegar em nossa época, o equipamento apresenta defeito. Logo ela conhece Alex Sadler (Erik Knudson, de Jericho), um gênio da tecnologia que passa a ajudá-la com os recursos disponíveis no presente. Assim, Kyra mantém sua missão: capturar os terroristas antes que eles alterem o futuro.

Assumindo o cargo de uma policial de nossa época, Kyra passa a trabalhar com o departamento local, onde tem como parceiro o detetive Carlos Fonnegra (Victor Webster, de Mutant X).

s01e01 A Stitch in Time – A Inspetora Kiera Cameron perde tudo o que ela tem e se encontra em uma nova missão, quando ela e oito terroristas perigosos são transportados de sua época, 2077, de volta a 2012 durante a tentativa dos terroristas de escapar da execução. Apesar de passar longe de qualquer originalidade, a série é um mix de produções sci-fi/aventura dos últimos anos, Continuum é muito bem realizada e tem uma dinâmica interessante, como entretenimento, gostei da participação do Canceroso de Arquivo X (William B. Davis), o link com o jovem criador da tecnologia nos dias atuais. Vale uma espiada nesta Summer Season!

s01e02 Fast Times – mesmo não possuindo um bom ritmo, já tivemos algumas reviravoltas na narrativa, Kiera é descoberta de seu disfarce, o mínimo que uma agência deve fazer em tempos de ataque terrorista, investigar os próprios; e o grupo dos 8  terroristas já estão tentando retornar a 2077, sendo subtentido que eles errraram o ano na viagem ao passado, queriam ter retornado a 2072, assim, agora estão “todos presos” nesta linha do tempo. No que se refere ao personagens, vemos Kiera não conseguindo se adaptar a sua nova realidade, principalmente, sente falta da família; seu novo parceiro, espero que não falam uso da química sexual, pois ali não existe; e um dos terroristas abre mão de voltar ao futuro para permanecer em 2012, quais motivos?

s01e03 Wasting Time – o ritmo da série me surpreendeu pela proposta diferenciada de evitar o caso da semana por uma narrativa linear (noveslesca) onde os acontecimentos são mostrados com consequências; Kyra e Carlos investigam uma série de assassinatos misteriosos em que as vítimas tiveram todo o fluido endócrino drenado, e acabam descobrindo que os crimes foram cometidos pela Liber8, em um esforço de salvar Travis, seu líder. Kellog tenta fazer uma trégua com Kiera, entregando-lhe um presente que pode custar sua vida e a de Carlos, e levar à expulsão de Kellog da Liber8.

s01e04 Matter of Time – Um cientista se aproximando de uma descoberta importante de energia é assassinado, Kiera e Carlos devem descobrir o porquê. Retorno do chefão dos Liber8, Kagame.

s01e05 A Test of Time – Kiera se encontra em uma situação muito delicada, ela precisará proteger alguém muito especial: sua avó. Tudo isto pois Kagame quer testar o paradoxo na linha do tempo atual, saber se ao eliminar alguma progenitora de Kiera, a mesma “some da linha do tempo”; além disso, vemos o ambiguo papel de Kellog, tentando se manter junto aos rebeldes e próximo de Kiera. Muito bom, a trama cada vez mais avança, não há tempo para episódios filler como achei que aconteceria (tipo, caso da semana)!

s01e06 Times Up – mais um bom episódio, mostrando como é possível levantar uma revolução manipulando as pessoas pelos mais diversos motivos, Kagame sabendo disso, faz um levante contra uma instituição financeira, assim parece que vemos os primeiros passos da Liber8.

s01e07 The Politics of Time – primeiro episódio que achei completamente filler, mesmo que ele tente ao final fazer um link com a trama do Liber8, é um simples caso policial, no caso o assassinato de uma jornalista que estava envolvida com um candidato à presidencia de um sindicato (ator de Battlestar Galactica), envolvendo o parceiro de Kiera também. Achei muito show a técnica de reconstituição utilizando o sinais de celular, ficou muito “Fringe”!

s01e08 Play Time – Kiera e Carlos investigam uma empresa de vídeo game que é o único laço entre dois assassinatos-suicídios. Mais um episódio meio caso da semana que indiretamente envolve a Liber8, o mais bacana é observar que a tecnologia futurista de Kiera tam inúmeras problemas, não é tudo tão perfeito para a jovem agente.

s01e09 Family Time – bom episódio centrado na família de Alec, agora que seu irmão de criação entra na revolução Liber8, tanto que acaba sendo “adotado” por Kagame, antes disso, vemos como Kiera e seu parceiro chegam até a fazenda e acabam sendo reféns da gurizada Liber8, tenso!

s01e10 End Times Season Finale – que agradável surpresa se conclui ao final da 1ª temporada de Continuum, o que rapidamente poderia se transformar em uma série do canal sy-fy que somente procura usufruir do gênero , aqui há um contexto social bem trabalhado (afinal mesmo os Liber8 retratados como terroristas, percebemos que o alvo dos terroristas são as corporações financeiras, e daí tudo fica “cinza”!), toques de ficção científica (as gadgets da Kiera), mas, com exceção de Carlos, todos os personagens são interessantes, principalmente, Alec, que com o final da temporada se mostra o personagem central da mitologia da série. Como afago aos fãs de Arquivo X tivemos neste episódio dois atores importantes dentro da mitologia da serie, William B. Davis (o Canceroso) e Nicholas Lea (o agente Krycek).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: