Breaking Bad (AMC) – 5ª temporada (2ª parte) (FINALIZADA)

BreakingBad-Cartaz

s05e09  Blood Money – mesmo não achando que a melhor saída para a série foi a descoberta mediúnica de Hank sobre a identidade de Heisenberg, o roteiro deste episódio, com direção de Bryan Cranston, retoma a tensão deixada em aberto no ano passado. Impressionante, o epílogo que abre o episódio mostrando Walter devastado e, pior, o cenário de caos ao seu redor. Claro que a aparente tentativa de Walter de largar a produção de “meta” não iria dar em nada, porém, nada foi mais impactante do que seu confronto com Hank na garagem da casa deste, mesmo ambos nervosos nenhum personagem cedeu a manipulação e mentiras do outro, impressionante (mais uma Emmy tape para o ator ano que vem).

s05e10 Buried – foi dada a apartida para o jogo de gato-e-rato entre Walter e Hank, nesse primeiro round, vemos as consequências da descoberta no relacionamento entre Skyler e sua irmã, interpretação excepcional de Anna Gunn; já Walter começa a apagar os vestígios de seu dinheiro e, ao final, descobrimos que Hank, até aqui somente atua com suspeitas, pode ter encontrado o elo fraco dos negócios de Heisenberg, Jesse Pinkman, que ganhou um epílogo no episódios extraordinário!

s05e11 Confessions – que episódio FANTÁSTICO! Que trabalho de roteiro, direção, fotografia e atuação, esse intervalo na temporada está servindo para BB ter um final milimetricamente pensado e que, espero eu, surpreendente! O epílogo do episódio mostrando como as aventuras de Heisenberg já são contadas como lenda e, em seguida, vemos Walt manipular Jr. e depois dar um xeque mate em Hank e sua esposa são exemplos da alta qualidade que a série vem nos brindando. E faltam somente cinco!

s05e12 Rabid Dog – Após descobrir que Walter que envenenou o Brock, Jesse está disposto a acabar com Walter e ganha um parceiro com o mesmo objetivo. A corrida de gato e rato começou. Apesar ter elevar o nível de tensão, pela primeira vez nessa segunda parte da temporada final, o roteiro do episódio me pareceu “frouxo”, desde algumas mudanças súbitas, como a impressão de Jesse de Walter estar com um guarda-costas a sua espera na praça (absurdo, né?), até o depoimento gratuito de Marie ao psicólogo/terapeuta que, num primeiro momento, parece tão deslocado na trama.

s05e13 To’hajiilee – o que dizer de mais um episódio praticamente perfeito, impressionante como a diretora Michelle MacLaren consegue imprimir uma tensão sufocante em sequencias geniais, como a final, neste que assume-se um faroeste moderno; e o elenco, sem comentários! Walt tenta acabar com todas as provas contra ele. Hank e Jesse armam um plano para capturar Walt.

s05e14 Ozymandias – PQP!!!! Faz total sentido a construção psicológica de bons personagens quando, ao final, os roteiristas conseguem criar verdadeiras preciosidades ao dar um desfecho fantástico para a trama. Impressionante a tensão desse episódio, não sei se porque ultimamente finais são somente finais “meia-boca”, mas parece que a equipe de Vince resolveu afundar o pé no acelerador das atitudes radicais e confrontos entre personagens de maneira excepcional. Aqui, depois de revermos a primeira produção de um Walter ainda titubeante, voltamos a sequência de faroeste do episódio anterior, tendo Hank um dos melhores diálogos da série, no qual reconhece seu destino, já Walter ainda resguarda um último sentimento familiar, porém não poupa Jesse de suas revelações ferinas (agora, envolvendo Jane). Depois disso, tudo ficar pior, ou melhor para o espectador, que vê Skyler revelando ao filho toda a trama da família e o confronto entre Walter e Skyler. Agora, já faz mais sentido a sequência que abriu a temporada com Walter, digo Heinsenberg, imerso na escuridão. Alguém, além de mim, acha Todd super legal? Que personagem interessante!

s05e15 Granite State – na mesma noite que olhei essa pequena pérola, tb vi a series finale de Dexter, ambas em sua última temporada, o que deixa Dexter ainda pior, pois chegamos ao final de Breaking Bad em alta tensão e com o destino de nossos personagens indefinidos. Impressionante que, mesmo sem nenhuma sequencia fisica (com exceção da fuga de Jesse, que diga-se de passagem, é uma das mais cruéis da televisão nos últimos anos), o episódio consegue ser bastante competente em retratar os meses que separam a descoberta de Walter/Heinsenberg com a imagem na qual encontramos Walter no futuro; o episódio ainda retrata a derrocada de Skyler e a minha grande surpresa, a revelação de Todd, como personagem, o garoto mostra traços de uma psicopatia impressionante, fazendo contraponto ao seu rosto de guri, adicionando-se isso sua paixão adolescente pela chefona! E…falta somente um…

s05e16 Felina – em primeiro lugar, vou logo comentar a única coisa que mudaria no contexto do episódio, a maneira como o desfecho abre uma redenção ao personagem, preferiria ver a queda final de Walter/Heisenberg; dito isso, o episódio foi ótimo, com um trabalho de direção de Vince Gilligan impecável, e ainda com um desfecho digno da inteligência que Walter apresentou durante toda sua jornada, tanto na maneira de Walter conseguir repassar seu dinheiro à família (buscando o ex-casal de sócios do personagem e os amigos junkies de Jesse), unindo uma tensão palpável com o humor característico da série, quanto usa da violência também rotineira da série para dar um desfecho aos seus inimigos. Gostei muito da sequência da Skyler (praticamente em prisão domiciliar) e do desfecho de Jesse (em aberto) mas em sintonia com a moral que o personagem apresentou em seu arco dramático. Fica, com certeza, para a história das séries nesse século!

STATUS: FINALIZADA.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: