Game of Thrones (HBO) – 4ª temporada (FINALIZADA)

GAME4Ts04e01 Two Swords – ainda bem que a série em seu retorno centrou a narrativa em Tyrion e Daenarys, pois assim consegui retomar a temporada passada sem ficar perdido com tantos plots e personagens. No episódio, Tyrion recebe um convidado em Porto Real. Em Castelo Negro, Jon Snow percebe que não é mais bem-vindo. Daenerys parte para Meeren, a principal cidade escravagista de Essos. Arya encontra alguém do seu passado.

s04e02 The Lion and the Rose – nada como táticas de guerra para fugir de spoilers (através de anos e mais anos de experiências pós-Lost), para ainda ser surpreendido com alguns twists das séries. Se GoT não vive uma plenitude de qualidades, ainda não sei onde estão os personagens e por quais motivos, afinal todos ficam andando de um lado para o outro, ainda me surpreendo com as decisões de George R.R. Martin, um escritor que não abre mão de sua narrativa para “segurar personagens”, ninguém está seguro! Se pensarmos que no 2º episódio os roteiristas já criam uma nova reviravolta desse tamanho dentro da série, a temporada parece que promete! No episódio, Tyrion dá uma mão para Jaime. Joffrey e Margaery são os anfitriões de um café da manhã. Em Pedra do Dragão, Stannis perde a paciência com Davos. Ramsay encontra um propósito para seu bichinho de estimação. Ao norte de Muralha, Bran tem uma visão.

s04e03 Breaker of Chains – Tyrion considera suas opções. Tywin oferece uma reconciliação. Sam percebe que Castelo Negro não está seguro, e Jon propõe um plano audacioso. O Cão ensina a Arya como as coisas são. Dany escolhe seu campeão. Episódio tenso após o assassinato de Joffrey, no entanto, confesso q adoro as intervenções de Daenerys libertando todos os escravos do mundo(!), mas quando será que realmente a personagem será inserida no contexto das disputas reais?

s04e04 Oathkeeper – Dany coloca justiça e piedade na balança; Jaime dá a Brienne uma tarefa que envolve sua honra; Jon tenta conseguir voluntários para sua missão. E para lá da Muralha, Bran enfrenta problemas e os mistérios dos Outros começam a ser revelados. Ainda mantendo um ritmo bacana!

s04e05 First of His Name – acredito que GoT tem sofrido de um evento comum em séries, eventos relevantes, cada vez que a série choca o espectador com uma surpresa/morte/acontecimento relevante segura o espectador por mais alguns episódios repercutindo os acontecimentos, depois disso, me parece que o bla-bla-bla retorna e nada de relevante acontece, deixando o episódio parado demais. o nome do episódio foi Cersei, roubando cenas, além disso, Cersei e Tywin planejam o próximo movimento da coroa. Daenerys discute seus planos para o futuro. Jon parte em uma missão para a Fortaleza de Craster.

s04e06 The Law of Gods and Men – Stannis e Davos partem de Pedra do Dragão com uma nova estratégia; Daenerys se encontra com suplicantes; Tyrion confronta seu pai na Sala do Trono. Tirando todo o povo caminhando para cima e para baixo, característica da série, tivemos talvez uma das melhores sequências da série não envolvendo ataques/mortes, o desabafo de Tyrion frente à Corte e sua família foi de arrepiar, genial interpretação de Peter Dinklage!

s04e07 Monnkingbird – Daario suplica a Dany permissão para executar aquilo que faz de melhor. Os avisos de Jon sobre a vulnerabilidade da Muralha são ignorados. Brienne segue uma nova pista ao lado de Pod. Tyrion recruta um aliado inesperado. Lysa decide dar uma volta. Assim conhecemos mais uma personagem louca, também morando naquelas alturas, e Sansa segue pagando seus pecados em todo lugar que chega. 

s04e08 The Mountain in the Viper – Os selvagens causam destruição e pânico. Os Bolton reclamam o Norte. Sansa e Mindinho viram o jogo mais uma vez. Em Meereen, Daenerys descobre uma traição. Em Porto Real, o julgamento por combate de Tyrion choca a todos. Dois bons eventos durante o sobe-e-desce dos personagens, a virada de Sansa e, claro, a luta que resolverá o destino de Tyrion (logicamente, excepcional!).

s04e09 The Watchers in the Wall – finalmente chegamos no episódio do ataque dos selvagens às muralhas protegidas (pelos coadjuvantes de Jon Snow) pela Patrulha da Noite; episódio todo centrado no conflito, muito bem dirigido por Neil Jordan, mostrando que por vezes o roteiro da série poderia se focar em determinadas situações/personagens para aprofundar o conflito mostrado, não dividindo o episódio em dez minuto para cada grupo de personagens. No próximo, a season finale e o destino de Tyrion!

s04e10 The Children – As circunstâncias mudam com uma chegada inesperada no norte da Muralha. Enquanto isso, Dany precisa enfrentar as realidades complicadas, enquanto Bran descobre demais sobre seu destino. Para completar, Tyrion vê a verdade sobre sua situação. Mesmo que tenha repartido o tempo em tela para quase todos os núcleos, incluindo o surgimento de Stannis na Muralha, dando desfecho aquele arco, ainda vejo com olhos desconfiados tramas como a de Daenerys (que em nada andou, além de libertar escravos e se questionar sobre seu reinado) e de Arya, uma bela personagem, talvez uma das que mais sofreram na série, que desde sua saída do Reino dos Lannisters não parou de andar para cima e para baixo; finalmente, a trama de Bran deu uma andada, abrindo um leque sobrenatural bacana, porém, nada foi melhor/mais importante do que o desfecho temporário para a condenação de Tyrion, que personagem intenso e complexo, dando mais cores de tragédia grega aos Lannisters.

Finalmente, a trama parece ter encontrando uma narrativa mais regular, mesclando momentos passivos com outros extremamente intensos e de terror puro.

STATUS: RENOVADA PARA 5ª TEMPORADA (04/15).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: