The Blacklist (NBC) – 1ª temporada (FINALIZADA)

THE BLACKLISTThe Blacklist, série criada por Jon Bokenkamp (Primo Cruzado), que traz o ator James Spader (Justiça Sem Limites, The Office) de volta às séries de TV.

Spader é Raymond Reddington, um ex-militar do serviço de inteligência que se transforma em um dos criminosos mais procurados do governo. Quando ele se entrega aos federais, faz um acordo para ajudar a polícia a capturar o terrorista Ranko Zamani, bem como outros criminosos que fazem parte de uma lista. Em troca, pede para trabalhar ao lado de Elizabeth Keen (Megan Boone), uma agente novata do FBI que, aparentemente, não tem nenhuma conexão com ele.

No elenco também estão Harry Lennix, como Harold Cooper, diretor assistente da unidade de antiterrorismo do FBI;Diego Klattenhoff como o agente do FBI Donald Ressler; Ryan Eggold, como Tom, marido de Elizabeth; Parminder Nagra como a agente do FBI Margot Malik; e Ilfenesh Hadera como a agente Jennifer Palmer.

Entre os atores convidados, a série conta com as participações de Robert Knepper (Prison Break), Isabella Rossellini, Tom Noonan (Damages), Jane Alexander (Tell Me You Love Me) e Clifton Collins Jr. (The Event).

s01e01 Pilot – pode ser somente mais uma série de procedimento com uma dinâmica de O Silêncio dos Inocentes (no caso, a agente Clarice e o psicopata Hannibal Lecter, coincidentemente já série do próprio canal NBC), mas o piloto da série é muito bom, tem dinâmica de thriller, com boas doses de suspense e ação, e cria uma casal interessante, claro que os excessos de Reddington, que esta sempre passos a frente do FBI pode cansar. Mas como é a grande aposta do canal NBC (ganhando toda audiência do realitty The Voice) pode render mais que um “procedural” comum. No episódio, Raymond “Red” Reddington, criminoso que figura na lista dos mais procurados, misteriosamente se entrega ao FBI para ajudá-los a capturar os piores criminosos do mundo: os que o FBI nunca nem mesmo ouviu falar. Claro que o personagem já derruba a agente Keen, no sentido de saber intimidades de sua vida e casamento.

s01e02 Nº 216: The Freelancer – boa notícia! a série continua com uma pegada interessante, claro que para quem curte um drama de procedimento, James Spader parece cada vez mais à vontade e o roteiro ainda consegue manter uma ambiguidade no personagem, que continua passos à frente do FBI e CIA. No episódio, tivemos bastidores da Justiça não querendo negociar com Reddington, no entanto, esse dá mais provas de sua colaboração, ajudando a equipe a proteger uma vereadora humanitária de um criminoso conhecido como Freelancer (participação de Isabela Rossellini). A agente Keen continua em dúvida em como se comportar frente ao namorado ainda hospitalizado mas prestes a retornar para casa.

s01e03 Nº 84: Wujing – O FBI procura um espião chinês do alto escalão chamado Wujing, quem Red diz tê-lo contratado para decodificar uma transmissão da CIA.

s01e04 Nº 161: The Stewmaker – Liz tem um caso contra um traficante. Mais tarde, outra pessoa é sequestrada antes de testemunhar contra o criminoso. Red fica interessado e informa ao time que a testemunha foi pega pelo Stewmaker, um homem responsável por missões e que foi dado como morto. Bacana episódio com um caso da semana bastante interessante, a mitologia da série ainda se mantém ambígua.

s01e05 Nº 85: The Courier – Red descobre que Courier, um intermediário cujo caminho ninguém quer cruzar, vai entregar um pacote que vale milhões de dólares a um espião iraniano. Porém, o Courier é um fantasma para todos, menos para Red, que conhece seu rosto. Keen ainda dúvida de sua marido, e ao final um gancho bastante interessante, não deixando a trama em banho maria. 

s01e06 nº 152 Gina Zanetakos – Depois que Tom confronta Liz sobre a caixa, ele sugere a ela que eles devem ir ao FBI. Red informa que o próximo nome da lista é Gina Zanetakos, uma bela mas mortal terrorista corporativa. Episódio ambíguo, ao final, nada se revelou, somente que Tom não é cria de Red, mas disso desconfiava desde o início, a série está num momento que precisa começar a destrinchar alguns mistérios pois o criminoso da semana é até legal mas não segurará a série pra sempre (principalmente, em férias de The Voice). Também achei que Red apareceu muito pouco no episódio!

s01e07 Nº 47: Frederick Barner – Após um ataque no metrô, Liz e a equipe procuram pelo responsável. Liz conta com a ajuda de Red após descobrir que sua busca pela próxima pessoa da lista negra, o brilhante cientista Frederick Barnes, não chegou a lugar algum. Já Red se envolve na compra de um imóvel, uma casa, que tem haver com seu passado. Interessante como os roteiristas têm conseguido trabalhar o “nome da lista da semana” com alguma particularidade de Red ou Liz, mesmo sem as revelações andarem necessariamente para frente.

s01e08 Nº 109: Generel Ludd – Liz descobre um elaborado plano para destruir o sistema financeiro do país quando um novo nome da lista negra é revelado por Red, aproveitando um tema mais do que atual que são as manifestações nas ruas do mundo inteiro, e quem são essas pessoas. Tom apoia Liz quando um membro da família adoece, assim, mesmo que a série cada vez mais deixe claro, passo a desconfiar do parentesco de Red e Liz, não devem ser pai e filha, está mais do que óbvio.

s01e09 Nº 16: Anslo Garrick (part 1) – Anslo Garrick, o novo membro da lista, invade o black site do FBI e tenta capturar Red. Enquanto isso, o agente Ressler tenta defendê-lo e Lizzie fica presa em um elevador. Primeiro episódio duplo da série, criado com bastante tensão e iminente risco de morte para diversos personagens, os quais ainda não sabemos o quão importante são para a série, além de Liz e Red; outro ponto que gostei foi uma ameaça real ao bon vivant Red, imaginava que em algum momento alguém surgisse, não para fazer negócios com ele, mas sim para matá-lo devido à vingança ou seus conhecimentos sobre esse submundo criminoso.

s01e10 nº 16: Anslo Garrick (part 2) – Liz entra infiltrada e consegue desarmar os bloqueadores de sinal para chamar por reforços no local, mas se vê em apuros ao longo do caminho. O destino de Ressler está por um fio enquanto Red tenta negociar com Anslo. O legal do episódio foi logo evoluir a situação do QG do FBI e revelar alguns personagens por trás de Red, como Alan Alda surgindo nas sombras (Fitch). Além disso, temos um infiltrado na equipe de Liz e Red deixa novamente explícito seu receio quanto à Tom. Respostas somente no ano que vem!

s01e11 nº 106: The Good Samaritan Killer – Um serial killer do passado de Liz volta a atacar. Enquanto isso, o FBI e Red começam suas respectivas buscas pela fonte do vazamento de informações em “Anslo Garrick”. Impressionante episódio, não somente pelo caso da semana, mas, principalmente, pela reviravolta do comportamento de Red, que de criminoso carismático transformou-se num assassino frio e vingativo, faceta que os roteiristas ainda não haviam nos mostrado. Agora começo a entender seu “poder”!

s01e12 nº 101: The Alchemist – Red informa a equipe que “O Alquimista”, um homem que usa a ciência para transformar o DNA de uma pessoa, foi contratado para proteger um informante da máfia e sua esposa, recentemente dados como mortos num acidente. Achei o criminoso do episódio bastante interessante, e Red continua em sua caçada ao informante!

s01e13 nº 64: The Cyprus Agency – Após de uma recente onda de raptos de bebês de suas mães, Red informa a Liz que a Cyprus Agency é a organização de adoção ilegal responsável pelos crimes. Liz e Tom contemplam uma adoção, o que faz com que Liz tenha ainda mais vontade de localizar o CEO. Episódio filler!

s01e14 Madeline Pratt – Liz ajuda Tom a se ajustar com a adoção iminente, enquanto Red revela que uma mulher do seu passado é um alvo. Para completar, Red convence Liz a adentrar a embaixada da Síria. Gosto muito quando Red usa o FBI para vencer seus desafetos pessoais.

s01e15 Nº 57: The Judge – Quando um proeminente promotor é encontrado depois de 12 anos desaparecido, Red acredita que isto foi trabalho de Ruth Kipling (Diane Wiest), também conhecida como “A Juíza”. Episódio filler, uma pena perderem uma boa atriz como Diane Wiest num papel tão insípido!

s01e16 nº83 Maiko Tanida – O próximo alvo na lista negra de Red é um dos ex-associados dele, o chefe do crime Mako Tanida. Depois de Tanida escapar da prisão, ele está em busca de vingança. Enquanto isso, Tom confronta Jolene depois de ela interferir em sua missão. Episódio show, várias arcos foram trabalhadas, mesmo com Red servindo somente de escada para os demais personagens.

s01e17 nº88: Ivan – Um mecanismo de defesa cibernético é roubado por um terrorista conhecido apenas como Ivan. Red e Liz tentam desvendar o caso; novas pistas sobre o desaparecimento de Jolene desvendam alguns mistérios sobre Tom.

s01e18 nº 135: Milton Bobbit – Red e o FBI estão na caça de um fiscal de reivindicação de seguro de vida que convence pessoas comuns a se tornarem assassinos contratados. Enquanto isso, Liz trabalha com Red para descobrir os segredos de Tom. Enquanto o caso da semana não é nenhuma maravilha, a trama envolvendo a descoberta de Liz está bacana, uma pena optarem por enrolar esse arco, com direito a quadrinho com fotos e dizeres!

s01e19 nº 119-122: The Pavlovich Brothers – Os irmãos Pavlovich são especialistas em raptos de alvos de alto valor e,de acordo com o Red,eles estão planejando seu próximo ataque, envolvendo uma cientista chinesa. Enquanto a equipe tenta proteger o próximo alvo,Red tem um trabalho pessoal para encomendar aos Pavlovich. Gostei muito que não ficaram levando em banho-maria a situação de Liz e Tom, claro que deixaram implícito que Red não é a “flor de pessoa” que vem se comportando bem com Liz, espero que o motivo seja bem interessante!

s01e20 nº 42: The Kingmaster – Depois de um político em Praga ser acusado de assasinato, Red suspeita que é obra de “The Kingmaker” – um estratagista por trás da ascenção de alguns dos políticos mais poderosos. Enquanto Red ajuda Liz e o FBI a apanhá-lo, Liz descobre um segredo de Red. Começa a ficar interessante imaginar quem estaria por trás do plano de “derrubar” Red, e o grupo de clientes me lembrou o Sindicato de Arquivo X.

s01e21 nº 8: Berlin – Liz se recusa a trabalhar com Red depois de descobrir a verdade sobre a morte de seu pai. Buscando fazer as pazes e obrigando-a a vê-lo, Red traz ao FBI um caso que eles simplesmente não podem ignorar. Ao mesmo tempo, Liz revela ao FBI sobre a vida de Tom. Gostei como arranjaram um inimigo maior para Red e o jeito que isso incomoda o personagem abra um precedente de tudo ser possível dentro da série!

s01e22 nº 8 Berlin Season Finale – Todos na força-tarefa são alvos: com a queda do avião de transporte do prisioneiro misterioso, a cidade está em bloqueio para que as autoridades capturem todos os fugitivos.

Mesmo criando essa cortina de fumaça no roteiro, era bastante previsível que o personagem Berlin não seria o personagem torturado por Red, claro que seria algo muito maior, porém no caminho para a entrada desse personagem, o roteiro se equivocou em dois pontos, uma morte banal de Meera (sem contexto dramático algum) e a sobrevivência de Tom (3 disparos!), desnecessária depois da propria Liz atirar nele. Um ponto positivo, espero que sem espaço para surpresas, é a paternidade de Liz, já bastante justificada na série.

Melhor procedural da tv aberta atual.

STATUS: RENOVADA PARA 2ª TEMPORADA (SET/14).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: