True Detective (HBO) – 1ª temporada (FINALIZADA)

truedetectiveEm 2012, os detetives Rust Cohle (Matthew McConaughey) e Martin Hart (Woody Harrelson) do Departamento de Polícia de Louisiana são trazidos para revisitar um caso de homicídio no qual trabalharam em 1995. À medida que a investigação se desenrola nos dias atuais através de interrogatórios separados, os dois ex-detetives narram a história de sua investigação, reabrindo feridas não cicatrizadas e atraindo dúvidas sobre a suposta solução de um bizarro assassinato ritualístico em 1995. As linhas do tempo se entrelaçam e convergem em 2012 quando cada homem é puxado para um mundo que eles acreditavam ter deixado para trás. Ao conhecer um ao outro e o seu assassino, fica claro que a escuridão vive em ambos os lados da lei.

s01e01 The Long Bright Dark – Os ex-parceiros Martin Hart e Rustin Cohle dão declarações separadas a uma dupla de investigadores com relação ao assassinato de uma prostituta, Dona Lange, acontecido 17 anos atrás. Enquanto olham para os detalhes do crime, coberto de tons de ocultismo, eles relembram suas vidas pessoais e a volátil parceria.

Nossa, muito bom e interessante este piloto da nova série do canal HBO, mesmo sendo uma série aparentemente policial com um assassinato macabro sendo investigado, noto uma vibe mais The Killing no roteiro, no qual até o momento somente se interessou em ilustrar quem são os protagonistas e como eram os mesmos 15 anos atrás, na verdade, até agora não sabemos de nada do que está acontecendo, somente uma menção de um possível copiador/retorno do assassino do caso investigado pela dupla Hart e Cohle 15 anos atrás. Até entendo como o roteiro (serão somente 8/ episódios) conseguiu atrair gente do calibre de Woody Harrelson e Matthew McConaughey, em seu melhor momento da carreira cinematográfica. Ansioso pelo segundo episódio!

s01e02 Seeing Things – sobre o que mesmo é o caso policial? Ainda não sei com certeza, porém esse detalhe em nada atrapalha a dinâmica da série que parece mais focada em criar um painel sobre o relacionamento dos detetives Hart (mais explosivo, inclusive com problemas com a esposa) e Cohle (traumatizado com a perda da filha, mais seu estilo intuitivo de trabalhar) no passado e revelar o que os separou durante os anos, quando dos depoimentos atuais. Confesso uma dinâmica que não lembro de ter sido feita na televisão, mesmo assim para os fãs de “procedural”, a investigação, mesmo lenta, caminha, junto com a inevitável pressão política, agora que já sabemos que a jovem encontrada morta era uma prostituta juvenil, o que deve revelar alguns segredos da comunidade de New Orleans. No episódio, sob pressão para apreender um suspeito do assassinato de Lange,Quesada avisa a Hart e Cohle que eles podem ser substituidos por três detetives de uma nova força tarefa.A dupla pede tempo extra para perseguir uma pista que os levam para uma casa rural e para uma igreja queimada.Com seu casamento com Maggie por um fio, Hart encontra uma folga longe de casa.

s01e03 The Locked Room – Hart e Cohle procuram o ministro da igreja depois que a imagem é descoberta. Um agressor sexual conhecido é ligado ao assassinato de Lange, mas Cohle é cético e mergulha em relatos de casos antigos. Enquanto isso, Maggie arranja um encontro para Cohle. Tenho ficado impressionado com a qualidade do desenvolvimento da série, mesmo com as múltiplas narrativas, sem foco preciso de tempo e espaço, o roteiro flui de maneira gradativa e simples. Me assusto com o comportamento de Hart, que sempre posa de homem família, e as estranhezas de Cohle me perecem que serão sua ruína.

s01e04 Who Goes There – Hart e Cohle seguem uma série de pistas em um esforço para encontrar o principal suspeito.Apesar de resumível em apenas uma linha, o episódio foi simplesmente fantástico, o melhor até aqui, não somente por continuar privilegiando o trabalho de composição da dupla principal, mas por mostrar uma missão especial de Hart e Cohle, num eficiente plano-sequência, “coisa de cinema”!

s01e05 The Secret Fate of All Life – Hart e Cohle celebram a resolução do caso em 95. Enquanto isso, Papania e Gilbough confrontam os detetives com novas informações. Episódio excelente pela virada na trama, realizada de maneira plausível e pautada nos personagens, claro que desde o inicio da série sabíamos que o assassino do crime de 95 deveria ter sido um equívoco, mas a maneira como as coisas aconteceram e vem acontecendo estão sendo o ponto forte da série. Agora, que tivemos um vislumbre de 2002 fica claro onde aconteceu o ponto de ruptura dos personagens, ainda não sabemos o motivo real, mas a obsessão de Cohle parece ser um dos motivos.

s01e06 Haunted Houses – Maggie revela as atividades de Cohle em 2002, quando sua relação com Hart ficou insustentável e ele saiu da polícia. Faltando apenas dois episódios para o término da temporada, tivemos um tempo do caso, e aprofundamos nos segredos de 2002, ano que representa a ruptura dos detetives, claro que não me surpreendi com os motivos, mas o episódio mostrou a crescente obsessão de Cohle com pessoas desaparecidas, podendo estar ou não envolvidas em seu antigo caso, e nesse mergulho ficou fácil entender os caminhos do personagem na atualidade. Que série!

s01e07 After You’ve Gone – Hart e Cohle investigam uma série de desaparecimentos que podem estar ligados ao assassinato de Dora Lange e à família Tuttle. Concentrado na atualidade, vemos as consequências do isolamento de Cohle, principalmente sua obsessão com o caso, mesmo assim ele consegue convencer Hart de ajudá-lo em algumas informações. Assim, temos o início para o desfecho da temporada, que promete ser incrível!

s01e08 Form and Void Season Finale – episódio épico! Nic Pizzolato conseguiu entregar um desfecho à altura do que vinha apresentando até aqui, e ainda superando expectativas, pois mais uma vez ficou provado que a série não é um “procedural” mas sim um estudo de personagens e sobre a natureza das pessoas. Comentários meus sobre a temporada aqui.

STATUS: RENOVADA PARA 2ª TEMPORADA (2015). 

2 Respostas to “True Detective (HBO) – 1ª temporada (FINALIZADA)”

  1. sofia martínez Says:

    A primeira temporada foi muito boa. True Detective tem captado a atenção de muitos e tem se posicionado como uma das melhores séries na história como redes sociais.

  2. Karina Says:

    Eu sou um grande fã da série policial, para ver como ela vai para essa série na segunda temporada, o primeiro que eu gostei, mas parece que ele vai ser melhor, como é emocionante!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: