Murder in the First (TNT) – 1ª temporada (FINALIZADA)

murderPassada em São Francisco, a narrativa acompanha nos detetives de homicídio Terry English e Hildy Mulligan durante a investigação do assassinato de um aparente usuário de drogas. No entanto, o mistério se torna cada vez mais complexo quando se descobre que a vítima possui uma conexão com Erich Blunt, o prodígio do Vale do Silício e atual CEO de uma bem-sucedida empresa de tecnologia. O crime não podia acontecer em pior hora, já que Blunt está pronto para liberar as ações para a venda pública e sofre com um processo de roubo de um revolucionário sistema de holografia. Enquanto investiga o caso, English ainda precisa lidar com o sofrimento de lidar com a perda da mulher, que sofre de uma doença terminal. Ao mesmo tempo, Hildy enfrenta as dificuldades da vida como mãe solteira.

s01e01 Pilot – nada como buscar um “procedural” inédito para essa época do ano, vou apostar nessa série da TNT, apesar de achar o piloto meio automático, cheio de situações corriqueiras e a apresentação dos protagonistas meio brusca e anti-natural demais, nesse momento, lembro que True Detective foi uma das melhores séries desse ano (por enquanto) e tem a mesma pegada que essa aqui gostaria de tr! Mesmo assim, Steven Boscho tem um currículo a seu favor! Na trama, quando um viciado é assassinado, os detetives Terry English e Hildy Mulligan ficam chocados em descobrir que o caso pode estar ligado ao gênio da tecnologia Erich Blunt.

s01e02 The Cuty of Sisterly Love – Terry e Hildy começam a investigar a morte da comissária de bordo, Cindy Strauss. Além disso, Terry ainda precisa lidar com a recente morte da esposa e a chegada de sua cunhada; já Hildy acaba por “apelar” a uma tática questionável ao se aproximar intimamente de Blunt.

s01e03 Who’s Your Daddy – Os investigadores procuram por pistas que podem ligar vários suspeitos, incluindo Erich Blunt, à morte de Cindy. Enquanto isso, Hildy é confrontada por uma jovem testemunha de uma investigação passada que está preocupada com a segurança da mãe.

s01e04 Burning Woman – Erich Blunt ainda continua sendo investigado. A detetive Hildy esta sendo investigada apos ter atirado em um civil. O arco de Hildy me parece um pouco filler demais, não acrescentando nada à personagem.

s01e05 Pants on Fire – Erich Blunt decide fazer um teste de detector de mentiras, em mais um esforço para mudar a imagen dele perante a todos. Alguns problemas cercam álibi de um suspeito, o que poderia arruinar Hildy e caso de Terry contra Blunt.

s01e06 Punch Drunk – Chegou o momento de iniciar o julgamento de Erich, com isso Terry precisa se preparar para seu testemunho, e durante o decorrer do julgamento vemos que o ex-marido Cindy pode provocar uma reviravolta no caso. Um pouco previsível a possível reviravolta, mas o julgamento tem tido bons momentos. 

s01e07 Suck My Alibi – Uma testemunha importante é encontrada morta que potencialmente pode arruinar o caso da promotoria. Advogado de Erich Blunt continua a tentar provar a sua inocência. Menos mal que o roteiro tratou dentro do próprio episódio sobre a morte de overdose do ex-marido da vítima, não dando tempo para uma suposta reviravolta no caso do tribunal, entendo que a série precise de episódios como esse, mas tem que tomar cuidado para não repetí-lo seguidamente.

s01e08 Win Some, Loose Some – O julgamento de Erich Blunt chega a uma conclusão dramática. Warren Daniels chama Blunt para depor. Episódio centrado no final do julgamento e, para minha surpresa, Blunt foi absolvido das acusações mas, ao final, revelou sua verdadeira faceta aos detetives; deve ser o mote final da temporada, prender Blunt por algum outro motivo que não o assassinato pois incidirá no double jeopardy, bom trabalho de Tom Felton!

s01e09 Family Matters – O Departamento investiga uma nova morte envolvendo uma socialite viciada em drogas e seu marido. As testemunhas-chave do caso Kevin Neyers retratam suas declarações originais, e os inspetores tentam descobrir a verdade, mantendo a investigação em segredo. Achei que o episódio de transição entre o fim do julgamento e a finale dexou um pouco a desejar, meio que o roteiro não soube aproveitar o desenlace para retratar as consequências de maneira orgânica e, em seguida, encaminhar para o desfecho.

s01e10 Blunt the Edge  Season Finale – No episódio final da temporada, Terry e Hildy focam a atenção na morte de Kevin Neyers e descobrem segredos chocantes. Episódio redondinho que conseguiu fechar as pontas soltas de toda temporada, porém, para qualquer serie maníaco que nesta temporada teve True Detective para ver como série policial antológica, pela comparação, fica complicado.

Murder… não soube aproveitar o que TD tinha de melhor, os protagonistas e seus respectivos atores, impressionante como no início da temporada, inclusive, mencionei nos comentários do piloto, que pesaram a mão no drama dos protagonistas para tentarem dizer “olha como essa série policial tem estofo dramático”, mas no decorrer os arcos em nada influenciaram o comportamento dos mesmos, e digo mais, como elenco os melhores atores ficaram nos personagens coadjuvantes, inclusive, continuo achando o trabalho de Tom Felton bam bacana, já os detetives Terry e Hildy deixaram a desejar.

STATUS: INDEFINIDO (ago/14).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: