How to Get Away with Murder (ABC) – 1ª temporada (FINALIZADA)

How to Get Away With MurderHow to Get Away With Murder é a nova série produzida por Shonda Rhimes (Grey’s Anatomy, Scandal e Private Practice). É um thriller de suspense sobre um grupo de ambiciosos estudantes de Direito e sua brilhante e misteriosa professora de defesa criminal, Annalise DeWitt (Viola Davis) que se envolvem em uma trama de assassinato que vai agitar toda a universidade e mudar o curso de suas vidas.

s01e01 Pilot – Annalise Keating é uma dura Professora de Direito Penal. Em sua classe, “Como se livrar de assassinato”, ela desafia os alunos a resolver alguns difíceis casos que assume em seu escritório, e seleciona um grupo dos mais inteligentes para trabalhar com ela.

PQP! Shonda Rhimes é muito esperta! Que episódio foi esse, muito dinamismo, tensão, suspense e Viola Davis numa vibe Patty Hewes (Glenn Close, em Damages), fazia algum tempo que não ficava tão empolgado com um piloto (e a audiência explodiu); apesar de ter alguns estereótipos retratados em seus personagens, o roteiro do piloto conseguiu criar uma teia de ganchos entre seus personagens e as linhas do tempo da série que, mesmo sabendo que não vejo um futuro promissor (no que se refere a qualidade) para a série, essa temporada tem tudo para ser uma das gratas surpresas do ano, lembrando, além da citada Damages, O Rebu (no que se refere à vítima revelada ao final e as linhas narrativas). Empolgadíssimo!

s01e02 It’s All Her Fault – Annalise assume um novo cliente, Max St Vincent, um milionário excêntrico, que é o principal suspeito do assassinato brutal de sua esposa. Todas as pistas apontam para St Vincent, mas Annalise desafia seus alunos para provar que ele é inocente. Mais um episódio bacana, bem procedural, saindo um pouco da sala de aula e pegando ares Scandal, sobre o arco da morte de Lila, continuamos sem nenhuma nova pista.

s01e03 Smile, or Go To Jail – Annalise ajuda Paula Murphy a ser libertada da prisão, mas quando está prestes a ficar livre, ela é presa novamente por uma conexão com um homicídio lá dos anos 90. Annalise e seus alunos devem provar sua inocência. Revelam-se mais pistas sobre a noite do assassinato. Tá bacana!

s01e04 Let’s Get to Scooping – Annalise e seus alunos descobrem algo chocante sobre o caso de Marren Trudeau, fundadora e CEO de uma grande corretora, que esta sendo acusada por crime financeiro. Wes descobre um celular escondido por Rebecca, cujo conteúdo revela um indício no assassinato de Lila.

Senti, pela primeira vez, que o roteiro começa a se preocupar com os estudantes coadjuvantes, a trama sobre a morte de Lila continua caminhando passo-a-passo, agora voltando as suspeitas para o marido de Annalise, que no futuro continua dando trabalho aos estudantes e Rebecca ao tentarem esconder seu corpo e os vestígios de sua morte.

s01e05 We’re not Friends – Annalise assume um caso difícil ao defender um menor que atirou contra o pai. Annalise e Sam continuam a argumentar sobre sua relação com Lila. Wes e Rebecca começam a questionar os motivos de Annalise. Descobrimos mais sobre a relação de Laurel com Frank.

Apesar do caso jurídico da semana não ter uma carga dramática curiosa, talvez pelo foco maior na montagem/importância do júri, o episódio continua acertando no foco de desenvolver também os estudantes, enquanto carregam pequenas particularidades lá no futuro em conexão com o tempo atual da série.

s01e06 Freakin’ Whack-a-Mole – Um caso torna-se pessoal para Annalise e sua equipe quando o cliente é um homem que foi condenado à morte pelo pai de Asher. Wes continua com raiva de Annalise por omitir informações sobre o caso de Lila. Descobrimos onde Asher foi na noite do assassinato.

Gosto quando a série investe em seus personagens, por exemplo, aqui Asher, no entanto para segurar a temporada os roteiristas irão precisar melhor os casos jurídicos que permeiam a série, essa aqui foi uma das mais fraquinhas até agora!

s01e07 He Deserve to Die – Annalise e sua equipe concentram-se no caso de Rebecca, mas tudo muda quando a promotoria pede a exumação do corpo de Lila. Laurel recebe uma proposta de Kan. Connor tenta consertar as coisas com Oliver. A relação entre Wes e Rebecca evolui. Episódio sem caso da semana, mas utilizando o caso de Rebecca, focamos no papel dos peritos atuando no tribunal, episódio muito bom!

s01e08 He Has a Wife – A equipe representa uma mãe que está sendo julgada pela morte da babá da família. Uma descoberta chocante é revelada no caso da Lila que poderia mudar tudo para Rebecca e para a lealdade de Bonnie à Annalise. Descobrimos mais sobre a relação de Lila e Sam. Tá ficando difícil para Sam, mas como o personagem morre, acho que o assassino é outro personagem.

s01e09 Kill Me, Kill Me, Kill Me – É a noite da fogueira, e finalmente descobrimos o que exatamente aconteceu na noite da morte de Sam. Impressionante como as pontas soltas da temporada fecharam nesse episódio, e mais que isso, o grande gancho para a segunda parte da temporada é o que vem depois. A série me impressiona pela capacidade de nos deixar interessado na trama, tendo como destaque somente a protagonista porque os demais personagens são frágeis demais!

s01e10 Hello Raskolnikov – É o dia depois do assassinato de Sam e os alunos são chamados para ajudar Annalise encontrar o marido desaparecido, mas quanto é que Annalise sabe? E quando um visitante surpresa aparece na cidade, fugir com este assassinato não pode ser tão fácil.

Impressionante como a montagem/edição do episódio consegue imprimir um ritmo de tensão crescente, espero que a chegada de Marcia Gay Harden traga novos conflitos ao episódio!

s01e11 Best Christmas Ever – Annalise e os alunos assumem um caso de reféns. Os alunos da professora Keating ainda lidam com a culpa de matar Sam e por meio de flashback vemos como eles passaram o natal e o ano novo. A irmã de Sam confronta Annalise em busca da verdade. Gostei do caso, tô gostando do jogo psicológico da irmã de Sam e com certeza alguns dos alunos deve dar um piti!

s01e12 She’s a Murderer – Descobertas recentes podem introduzir Annalise como suspeita no caso da morte de Sam, mas enquanto os estudantes se desesperam, a advogada lança uma carta que mudará o rumo da investigação. Sempre Annalise e suar artimanhas.

s01e13 Mama’s here Now – Annalise está arruinada pela culpa e busca ajuda de sua mãe. Enquanto isso, Bonnie deve intensificar e representar uma novo cliente acusada de estupro e Wes encontra informações importantes sobre o caso de Lila e o envolvimento de Sam. Participação da mãe de Annalise faz um belo retrato da fragilidade da personagem, mesmo que somente entre elas, nunca na frente de seus pupilos.

s01e14 The Night Lila Died – Em flashbacks, começamos a juntar as peças que mostram o que realmente aconteceu na noite da morte de Lila, enquanto Wes confia cada vez menos em Rebecca. Já no presente, Annalise lida com o caso de um padre acusado de matar outro colega de batina. Nao consigo acreditar que Shonda e seus roteiristas consigam esconder tão bem esse assassinato e agora ainda trazem Rebecca de volta ao foco.

s01e15 It’s All My Fault Season Finale – Literalmente, Shonda faz a gente pagar de palhaço assistindo suas séries, depois das loucuras de Olivia em Scandal, aqui temos Annalise também pagando qualquer preço pelo que acha melhor, independente de ética e moral, talvez esses questionamentos que fazem as séries terem a audiência que tem, aqui finalmente descobrimos quem assassinou Lila, claro que bem ao final e sem ser nenhum personagem suspeito, porém como a série foi renovada, os roteiristas finalizam abrindo um novo quem matou, porém agora, conhecemos a personagem, Rebecca, será que a série conseguirá manter seus mistérios de maneira ímpar, mesmo não contando com flashbacks como houveram aqui?

STATUS: RENOVADA (set/15).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: