Person of Interest (CBS) – 4ª temporada (FINALIZADA)

persons04e01 Panopticon – Forçados a assumirem as novas identidades criadas pela Root, a equipe tenta se adaptar à nova vida. No entanto, alguns acham que é difícil de ignorar os CPFs da Máquina, o que coloca todos em risco de serem detectados pelo Samaritano.

Apesar do início lento, dá para notar como a série busca esse reinício dos arcos pós Samaritano. Na expectativa…

s04e02 Nautilus – Embora Finch insista em não continuar ajudando com os novos números, seu interesse é despertado quando Reese descobre que o novo POI é uma jovem estudante universitária envolvida numa misteriosa caçada de vida ou morte. Bem bom!

s04e03 Wingman – Finch recruta Fusco para ficar perto de sua mais nova pessoa de interesse: um coach de relacionamentos amorosos. Mas aprender como se aproximar das mulheres vira logo a menor das preocupações do policial. Enquanto isso, Reese deve encontrar uma maneira de adequar a equipe num novo QG. Hilário!

s04e04 Brotherhood – O trabalho disfarçado de Reese como detetive de polícia se complica quando um irmão e uma irmã que ele está protegendo se tornam alvos de uma investigação de gangue. Temos aqui o primeiro novo elemento recorrente desta temporada, Dominic ou Mini, fora que adoro como os personagens tem que unir forças com Eli, sempre impecável Enrico Colastani, o eterno xerife Mars.

s04e05 Prophets – E cá estamos vendo os roteiristas abrindo o primeiro arco da temporada, o Samaritan influenciando a vida política dos americanos, em comparação, vemos lá em meados do 2001 os primeiros testes da Machine tantando “saltar” para fora dos códigos que Harold criou para ele; no episódio, Finch acha suspeito quando o número de um pesquisador político talentoso surge ao mesmo tempo em que suas previsões sobre uma eleição dão errado, e acredita que os dois eventos estão ligados. Enquanto isso, Reese é colocado de lado por uma ordem direta da Cap. Moreno.

s04e06 Pretenders – Reese, Shaw e Fusco deve proteger um trabalhador de escritório despretensioso que tropeça em uma conspiração perigosa enquanto clandestino como falso detetive. Enquanto isso, Finch viaja para Hong Kong como parte de sua nova identidade acadêmica.

Confesso que achei que seria somente mais um CPF da semana, com pitadas cômicas, porém a participação de Finch em Hong Kong sinalizou que o Samaritan é muito mais perigoso do que havia se mostrado até agora.

s04e07 Honor among Thieves – Shaw se junta a uma equipe de ladrões internacionais, a fim de manter o controle sobre o mais recente CPF, mas uma mudança inesperada dos acontecimentos a coloca em risco de ser detectada pelo Samaritano. Além disso, Finch e Root planejam uma sabotagem. Bom!

s04e08 Point of Origin – Reese se voluntaria como um instrutor de polícia da NYPD, a fim de investigar um jovem e talentoso oficial, cujas ações suspeitas o faz questionar seus motivos. Enquanto isso, Martine, munida com informações do Samaritano, caça um membro da equipe. O cerco esta se fechando para Shaw.

s04e09 The Devil You Know – Reese e Finch são capturados em uma luta de poder pelo controle das gangues na cidade.Elias é o próximo alvo de Dominic. Enquanto isso, Root e Shaw discordam sobre como lidar com uma nova ameaça do Samaritano.

Como a série é bom em criar arcos bacanas (seguindo o bom rastro de The Good Wife), esse Dominic esta substituindo muito bem a gangue HR, que atormentou os personagens nas três primeiras temporadas, um personagem complexo e surpreendente. Além do sempre ótimo retorno de Elias, que ganha fatos do passado.

s04e10 The Cold War – Uau!!! Cá estamos nós observando um capítulo inicial de trilogia (que saudades de Arquivo X), conforme os showrunners da série, e que episódio beirando a genialidade ou loucura, pois fazer o Samaritan e a Machine se transformarem em personagens dentro da série é de uma sandice sem tamanho, porém, na série tudo fica muito palpável e tenso. Parece que teremos um novo divisor de águas na série!

No episódio, Samaritan mostra seu poder evitando crimes na cidade por um dia na tentativa de forçar sua rival, The Machine, a se mostrar.

s04e11 If-Then-Else – Samaritan lança um cyber ataque na bolsa de valores, deixando o Team Machine sem escolha a não ser embarcar em uma possível missão suicida em uma tentativa desesperada de impedir uma catástrofe econômica.

Os roteiristas capricharam na condução dessa trilogia, ao envolver a perda (ou não) de uma personagem, recriaram o famoso “E Se…” para ilustrar como age a inteligência artificial da Máquina, tendo a boa ideia de fazer um paralelo com Harold ensinando a Maquina a jogar xadrez lá nos idos de 2003. Episódio fantástico!

s04e12 Control-Alt-Delete – Control, que supervisiona os números relevantes para o Governo, começa a questionar os métodos e intenções de Samaritan. E as notícias alarmantes sobre vigilantes começam a surgir. Essa narrativas paralelas da série sempre rendem episódios bacanas.

s04e13 M.I.A – Reese e Root continuam seguindo o rastro de Shaw, mas as coisas parecem não ir muito bem. Seu paradeiro é finalmente revelado. Gosto da experiencia que Samaritan proporciona, ao final, a revelação que Shaw esta viva!

s04e14 Guilty – Quando a Machine coloca Finch no júri popular de julgamento de um caso de assassinato, ele começa a suspeitar que um dos membros do júri irá fraudar o processo. Enquanto isso, Reese começa a se abrir para a terapeuta do departamento.

s04e15 Q&A – Reese tenta proteger uma programadora de software com uma segunda vida misteriosa, mas não está claro de qual lado de sua vida a ameaça está vindo. Enquanto isso, Claire, a jovem hacker que o Finch protegeu, entra em contato com ele em busca de ajuda.

s04e16 Blunt – Reese e Finch devem proteger Harper, uma vigarista das ruas, quando o plano da garota de roubar dinheiro de uma loja acaba dando errado. Aqui novamente vemos Dominic e o novo plano de Root começa a ganhar forma.

s04e17 Karma – Reese e Finch tentam proteger um psicólogo cujo método heterodoxo de ajudar seus pacientes a encontrar desfecho pode lhe custar caro. Flashbacks revelam Finch em estado frágil nos dias seguintes ao atentado que matou seu melhor amigo, Nathan Ingram.

s04e18 Skip – Reese deve proteger uma caçadora de recompensas que se recusa a deixar a potencial ameaça a sua vida dissuadi-la da perseguição implacável de seu alvo. Além disso, Finch tenta colocar em ação o plano que ele começou em Shanghai.

s04e19 Search and Destroy – Reese e Finch têm dificuldades para proteger um CEO de uma companhia que produz softwares, quando o comportamento dele se torna cada vez mais errático, depois do ataque hacker que revela todos os seus segredos e bagunça toda a sua vida.

s04e20 Terra Incognita – Finch tem a ajuda de Root e Fusco em um caso que envolve velhos conhecidos, enquanto o CPF que aparece é de um caso antigo, que Reese cuida sozinho para poder reaproximar-se de uma velha amiga. Não achei nada original esse retorno de Taraji p. Henson, atual diva Cookie de Empire, essa storyline de trazer à vida através de lembranças beira-morte é antigo e usada à exaustão em séries, preferia rever a personagem numa ambientação antiga mesmo, servindo de ponte ao caso do episódio, sem essa forçada interação entre ela e Reese, que teve a vantagem de ter sua vida particular debatida no episódio.

s04e21 Asylum – Reese e Fusco são pegos na guerra entre os chefes do crime e rivais, Elias e Dominic. Enquanto isso, uma pista tentadora sobre o paradeiro de Shaw leva Finch e Root a uma possível armadilha.

Ótimo episódio mesmo não tendo nenhum grande evento, além dos plots mencionados acima, vimos que as palavras ditas por Finch ao Controle em episódios passados surtiram efeito quando a agente do governo resolve investigar por contato própria a infiltração do Samaritan no próprio governo; episódio tenso e praticamente interligado, teremos um embate vibrante nessa reta final! E Sameen…

s04e22 YHWH Season Finale – Finch e Root correm para salvar a ‘Machine’, que foi localizada pela inteligência artificial rival, ‘Samaritan’. Reese fica no meio da luta final entre os chefes de organizações criminosas Elias e Dominic. Apesar de ter todos os arcos da temporada num mesmo episódio, fechando principalmente o arco das organizações criminosas, achei tão “broxante” toda a situação do Controle investigando nos bastidores para no final ser uma “pegadinha” do Samaritan, que desse um tiro de vez no veio Greer pelo menos!! Mesmo assim, retomando a série, essa continua bem bacana, somente achei que alguns episódios soaram muito frios e distantes e outros extremamente piegas! Precisam equilibrar melhor o tom dramático dos roteiros e continuarem a criar ótimos arcos dentro da temporada.

STATUS: INDEFINIDO

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: