Powers (Playstation) – 1ª temporada (fora da watchlist)

PowersPowers é a primeira série ficcional do PlayStation Network, que programou sua estreia para o dia 10 de março.Esta é uma adaptação de Charlie Huston da HQ criada por Brian Michael Bendis e Michael Avon Oeming.

A história de Powers é situada em um mundo onde super-heróis e supervilões fazem parte do cotidiano das pessoas. Assim, Christian Walker (Sharlto Copely) e Deena Pilgrim (Susan Heyward, de The Following), dois detetives da homicídios, investigam casos envolvendo pessoas com superpoderes.

No elenco também estão Max Fowler (The Killing), como Krispin Stockley, filho do falecido parceiro de Walker; Adam Godley (Breaking Bad, Suits), como o Capitão Cross, chefe do departamento de polícia; Eddie Izzard (The Riches, Hannibal), como Wolfe, ex-mentor de Walker que passou as duas últimas décadas na cadeia, onde seus poderes foram controlados por procedimentos cirúrgicos; Noah Taylor, como Johnny Royalle, um criminoso capaz de aparecer e desaparecer, proprietário do clube Here and Gone.

s01e01 Pilot – Christian Walker e Deena Pilgrim investigam a morte de um Power e encontram uma jovem na cena do crime. Christian descobre porque perdeu seus poderes anos atrás.

Primeiras impressões: me deixou curioso a maneira como a série consegue se distinguir das demais séries de super-herois, trazendo uma pegada realista e decadente ao contexto/universo todo. Sharlto parece super a vontade como protagonista, lembrando que o ator vem do cinema; me chama a atenção essa produção da Playstation (sim videogame), entrando no ramo dramatúrgico, espero que para fazer diferente do que já temos por aí. No aguardo do desenvolvimento…

s01e02 Like A Power – Após Calista tentar encontrar seus poderes de forma mais drástica , ela conhece RetroGirl quem Christian sabe mais sobre do que ele está falando. Depois de um tempo, Christian torna-se mais desconfiado sobre a morte de Royal, e visita Wolf para buscar sua ajuda.

s01e03 Mickey Rooney Cries no More – após Royal assumir sua condição para a sociedade, realiza uma festa onde todos aparecem, inclusive a Retro Girl que surge com Calista, obviamente as coisas não saem como Christian e Pilgrim queriam, porém a maior surpresa envolve Wolf. Ainda não acredito que a série tenha encontrado seu ritmo ideal, falta alguma coisa, principalmente no roteiro. É somente eu, ou a personagem Calista não possui relevância alguma, ao contrário do que prega a série até aqui?

s01e04/05 Devil in a Garbage Bag/Paint it Black – Chegou, para mim, apesar do efeitos de 5ª categoria (olá Once Upon a Time), o roteiro da série não conseguiu equilibrar esse universo criado entre humanos e super-herois, isso que a série conta com um elenco acima da média, o que é de se lamentar mais ainda. Tudo muito aquém das possibilidades da trama!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: