The Flash (CW) – 2ª temporada (FINALIZADA)

S2TF-Cartaz11-413x620s02e01 The Man Who Saved Central City – Meses após o ataque a Central City, Barry ainda luta para se perdoar pela morte de Eddie. Receando colocar seus amigos em perigo, ele afasta a todos e decide proteger a cidade sozinho.

Talvez a maior surpresa, na cultura pop, tenha sido a primeira temporada de The Flash, já superando sua série co-irmã Arrow, méritos do roteiro que conseguiu criar personagens e situações que mesclam o melhor de uma história em quadrinhos, aventura, suspense, comédia e drama.

O roteiro dessa 2ª temporada tem a responsabilidade de superar a temporada anterior e promete ser bastante difícil pois tratará do tema de universos paralelos; assim, nessa reapresentação da série temos como destaque o laço familiar dos personagens, como sempre a série tentou nos vender, o que funciona perfeitamente, uma pena o “vilão” da semana ser subutilizado, mesmo que tenha aberto o caminho para o vilão da temporada.

s02e02 Flash of Two Worlds – Jay Garrick tem um aviso sobre um velocista chamado Zoom que tem a intenção de destruir o Flash. Enquanto isso uma determinada agente quer se juntar a força-tarefa meta-humana de Joe.

Mesmo que usando o “meta-humano da semana” somente para criar mais caos ao vilão da temporada, os roteiristas poderiam dar uma caprichada nessas storylines, assim como deram para explicar a teoria dos multi universos, simples e de acordo com a mitologia da série, sendo expandida de maneira gradual e acertada. O Flash de jay garrick tem um uniforme medoinho né?  O que é aquele capacete com asinhas?

s02e03 Family of Rogues – Barry e o time descobrem que o Capitão Frio foi sequestrado, portanto, formam uma aliança pouco tranquila com a irmã de Snart. Para completar, Joe precisa tomar uma difícil decisão no que se refere a revelação de que sua ex-esposa está viva. Daddi issues como caso da semana me cansam demais, se querem utilizar como arco para algum personagem até vai, mas querer um paralelo entre os conflitos de Joe e o vilão da semana daí já é demais. Me parece que The Flash tem muito mais tramas para adaptar do que pequenos conflitos que não repercutem em ninguém!

s02e04 The Fury of Firestorm – Barry e a equipe procuram outra combinação pro Dr. Stein. Quando a equipe encontra Jefferson Jackson, Caitlin tem suas reservas sobre se Jax é o certo para Dr. Stein. Iris surpreende Joe. Barry e Patty se aproximam. Barry terá novas surpresas.

Por incrível que pareça Fringe deixou um legado para o mundo das séries, a melhor maneira da trabalhar mundos paralelos, espero que The Flash continua mostrando competência nessa abordagem, vamos ver se o Dr. Wells da outra realidade se mostra tão complexo quanto o falecido desta.

s02e05 The Darkness and The Light – Barry descobre que a Doutora Luz é a mais nova pessoa a chegar ao nosso mundo e decide capturá-la. Ao mesmo tempo, Barry e Patty saem em um encontro. Apesar de achar muito esquemático esta maneira que o roteiro achou de fazer o vilão Zoom demorar a aparecer mas, mesmo assim, ameaçar Barry, mandando inimigos “meta-humanos” a cada episódio, o roteiro consegue desenvolver o arco de maneira adequada e ainda insere humor através do novo romance de Barry.

S02E06 Enter Zoom – Barry decide que é hora de confrontar Zoom e para isso, cria um plano arriscado. Caitlin fica ao lado de Jay, que acredita que é perigoso demais bater de frente com o inimigo, porém Iris mostra seu apoio e traz consigo um aliado inesperado. Finalmente os roteiristas conseguem dar relevância para um vilão da temporada, mesmo que ainda desconhecido, Zoom aparece e simplesmente acaba com Flash, assim cria-se uma ameaça real para o heroi que precisará reunir sua equipe e montar uma alternativa de como destruir tão competente adversário. Um dos melhores episódios da série!

s02e07 Gorilla Warfare – Grodd retorna à Central City e sequestra Caitlin. Barry e sua equipe buscam encontrá-la antes que seja tarde demais. Cisco planeja o seu primeiro encontro com a nova barista, Kendra Saunders. Patty começa a suspeitar que Barry esteja escondendo algo dela. Uma pena que os roteiristas tentem dar uma disfarçada na trama principal trazendo à tona um fan service, pois infelizmente, para o espectador comum, Grodd não significa nenhuma ameça real à Flash, episódio filler total, apesar de aqui se introduziu a futura Mulher Gavião de Legends of Tomorrow.

s02e08 Legends of Today (1) – Vandal Savage chega a Central City e vai atrás de Kendra Saunders. Após Vandal atacar Kendra e Cisco, eles pedem ajuda a Barry. Percebendo o quão perigoso Vandal é, Barry leva Kendra até Star City. Episódio crossover com Arrow para introduzir elementos e personagens de Legends of Tomorrow que estreia em janeiro de 2016, mesmo contando com elementos sobrenaturais não comuns à série, todos personagens tiveram seus momentos e o encontro entre Barry e Oliver rendeu alguns momentos cômicos e cheio de referências legais.

ARROW s04e08 Legends of Yesterday (2) – Oliver e Barry Allen levam Kendra e Carter a uma localização remota, a fim de mantê-los escondidos de Vandal , ao mesmo tempo em que tentam encontrar uma forma de derrotá-lo.

Fechando o episódio duplo é notável como a série Arrow anda atrás de The Flash, seja pelos personagens, seja pelo roteiro, aqui os personagens pareceram irrelevantes e o mimimi da paternidade de Oliver, possível de ser prevista desde a 2ª temporada, retorna como premeditado o que é bacana, porém em tom novelesco, como sempre acontece em Arrow (motivo do meu desligamento da série). Abaixo do primeiro, mas um episódio relevante.

s02e09 Running to Stand Hill – O Mago do Tempo retorna para tirar Leonard Snart e James Jesse de Iron Heights. Assim, Barry precisa parar estes criminosos antes que eles tomem conta de Central City durante o Natal. Para completar, Joe e Iris conhecem Wally West.

Vamos lá: 1) a trama policial do episódio com o retorno do Mago do Tempo, Snart e James Jesse foi pífia, nem pra “fan service” serviu, se era para libertar Snart pra nova série poderiam ter feito isso lá, já o Mago do Tempo ressurgiu para termos drama na vida de Patty; 2) nada como a família West pra trazer o tom novelesco à série, com um filho não reconhecido, nada mais mexicano, porém nunca funciona plenamente; 3) assim somente a storyline unindo Wells e Zoom serviu para alguma coisa e trouxe um pouco de evolução nessa subtrama, ao nos expor o que realmente Zoom tem feito largando os meta-humanos em Central City, foi pouco para um episódio, mas é o que tínhamos para hoje!

s02e10 Potential Energy – Agora que estão cada vez mais próximos, Barry pretende contar a Patty que ele é o Flash. Enquanto isso, Joe e Iris tentam conhecer Wally, e a equipe procura um meta-humano que pode desacelerar o próprio tempo.

Certamente esta 2ª temporada da série apresenta uma leve queda em relação à primeira, mesmo contando com um vilão realmente ameaçador, Zoom, suspense que parece que irá durar a temporada toda, e sabendo até aqui trabalhar a Terra 2, os roteiros não conseguem evoluir nas subtramas novelescas (lembrando que esse mal também sofre Arrow), o que foi essa lenga lenga de revela não revela entre Patty e Barry, já não vimos isto na temporada passada com Iris; e o que foi o conflito com o filho de Joe, jura que ele culpa o pai pela sua ausência, como “karapalida” ele não sabia da tua existência!!! Menos mal que o vilão, pouco aproveitado, tem um poder que parece que irá render no futuro e a volta do Flash Reverso, agora da Terra 2, promete agitar um pouco as coisas em The Flash, movimentação necessária!

s02e11 The Reverse-Flash Returns – Flash Reverso “volta” a Central City. Dr. Wells ajuda Cisco a controlar os seus poderes. Informações importantes surgem na procura da cura para a doença de Jay. No meio de muita teoria sobre viagem no tempo, bastante compreensível e interessante (mesmo que me pareça um desperdício de personagem, utilizar tão pouco o Flash Reverso), tivemos o mimimi da mãe de Iris, reunindo os irmãos, e a aparente despedida de Patty, uma pena que a série não consegue equilibrar suas storylines.

s02e12 Fast Lane – Barry e Wells trabalham juntos para fecharem as fendas, mas um novo metahumano chamado Tar Pit, que pode se transformar em asfalto liquido, os distrai. Enquanto isso, Iris, preocupada com a segurança de Wally, toma uma atitude rigorosa! Vamos ver se engrena agora…

s02e13 Welcome to Earth 2 – Barry, Harry e Cisco realizam uma jornada rumo à Terra-2 para resgatar Jesse. Barry fica abismado quando se depara com Iris e Joe da Terra-2, mas nada o prepara para conhecer os doppelgängers de Caitlin e Ronnie.

Episódio riquíssimo de referências e brincadeiras para os fãs, melhor episódio fácil, fácil da temporada, mostrando que mesmo irregular a temporada criou um arco de multiuniversos e o vilão Zoom de maneira acertada. Divertido e tenso na medida certa!

s02e14 Escape from Earth-2 – Na Terra-2, a equipe corre para encontrar o esconderijo de Zoom e pede a ajuda de alguém completamente inesperado. Enquanto isso, na Terra-1, Caitlin corre para aperfeiçoar a Velocidade-9 para que Jay possa parar o Geomancer.

Gosto do episódio duplo sobre a Terra 2, no entanto, senti neste episódio principalmente uma pressa desnecessária no roteiro, principalmente, quando ele abre mão dos acontecimentos em cena para criar uma sequência mimimi (despedidas/reencontros/show de morais), no entanto, acho que o plot do multiuniverso é um contexto que pode ser usado de maneira ímpar e cheia de possibilidades. Zoom ainda se caracteriza como um ótimo vilão, apesar da temporada estar expondo ele ao excesso sem maiores informações sobre motivações e assim, cansando sua imagem sem propósito real!

s02e15 King Shark – Quando o Tubarão-Rei escapa do tanque de contenção da A.R.G.U.S., Lyla e Diggle viajam até Central City para avisar Barry. O rosto por trás da máscara de Zoom é finalmente revelado. Bom episódio, apesar de achar desnecessário todo discurso proferido por Barry aos amigos a cada episódio, assim como faltou uma motivação maior para as ações do King Shark, inclusive, achei bem solto o plot do seu doppleganger nesta realidade que envolvia sua morte e a pesquisa de sua esposa, se não utilizarem esta situação/personagem mais para frente foi um completo desperdício de cenas!

s02e16 Trajectory – Barry e a equipe saem a noite e acabam encontrando uma velocista inesperada que está afim de confusão. Iris é desafiada por uma tarefa dada por seu chefe e se surpreende quando o atrito se torna flerte. Não vejo problemas em episódios fillers, no entanto, mesmo estes poderiam ter uma dinâmica mais interessante, chega alguns momentos que tudo em The Flash parece lento, como vemos que todos os velocistas correm mais que Barry, dá uma caprichada aí roteirista!

SUPERGIRL –  S01E18 Worlds Finest – Kara ganha um novo aliado quando o herói Flash surge de repente de um universo alternativo e ajuda Kara a enfrentar Siobhan, também conhecida como Banshee Prateada, e Livewire em troca de ajuda para encontrar uma maneira de voltar para casa.

Boa participação de Flash no universo de Supergirl, uma pena que na própria série The Flash  não houvessem deixado claro em qual cenário o personagem se encontrava, no sentido de estar atravessando multiuniversos, porém confesso que não me arrependi nenhum um pouco de deixar a série, as vilãs bem farsescas e com motivações pífias, além disso, algumas coisas bem mal escritas como o conceito de heroína na cidade, contudo, as tiradas de Calista Flockhart me divertiram ao extremo.

s02e17 Flash Back – Desesperado para encontrar uma maneira de aumentar a sua velocidade, Barry decide viajar de volta no tempo e se disfarçar como seu eu anterior.

Ai, ai ai! The Flash entrou num campo que me preocupa se trabalhado como “caso da semana”, viagens no tempo para consertar coisas/aprender coisa/etc; falo isto porque uma storyline assim me parece um filler disfarçado de preguiça de roteiro, tanto que o encontro entre Barry e o Dr. Wells chegou a ser constrangedor ao Barry não se surpreender com Wells fora da cadeira de rodas, quando a primeira atitude do viajante seria reviver as situações com cuidado de serem inéditas frente aos personagens que não sabem de sua condição. O episódio de Supergirl estava mais legal!

 

s02e18 Versus Zoom – Equipado com o dispositivo tachyon, Barry acredita que é rápido o suficiente para parar Zoom e quer abrir brechas para pegá-lo. Harry aconselha contra esse plano. A história dolorosa de Hunter Zolomon na Terra-2 é revelada.

Ao mesmo tempo que sinto que a série recria um paralelo curioso entre Barry e Zoom, no que se refere as suas escolhas/destino na infância, sinto que a trama não consegue criar clímax em episódios de meio da temporada, como um episódio como este, no qual deveríamos ver um primeiro confronto entre o grande vilão da temporada e nosso herói não consegue render mais do que 5 minutos de diversão/tensão! Uma pena, depois a narrativa abraça aquele mimimi de Barry se sacrificar para no final termos um desfecho que deverá ser resolvido somente na finale, nestes momentos lembro dos episódios duplos de Arquivo x durante as temporadas como eram bons e cheios de tensão, porque os roteiristas atuais não conseguem criar arcos como estes atualmente?

s02e19 Back to Normal – Um meta-humano com superforça chamado Griffin Grey confunde Harry como sendo Wells da Terra-1 e o sequestra, exigindo que Wells cure-o de sua condição atual. Percebendo que Wells pode ajudar a rastrear a localização de Griffin, Barry pede ajuda a Jesse. Ai ai ai a série após episódios legais e desenvolvidos com o arco central da temporada volta com bobagens do meta humano da semana que nada acrescentam ao andar da série!

s02e20 Rupture – Zoom chega à Terra-1 com a intenção de tomar o controle de Central City. Barry e Wells chegam a um plano para parar Zoom, mas é extremamente perigoso. Cisco pressente o vilão Ruptura da Terra-2, que é o doppelganger de seu irmão Dante. Não sei o que pensam os roteiristas da série ao usarem personagens conhecidos dos quadrinhos, e personagens usuais da série, de maneira tão gratuita e logo desperdiçam os mesmos, acho estranho, pois seriam bons personagens para serem trabalhados aos poucos e não de maneira corrida e como mais um meta-humano da semana.

s02e21 The Runaway Dinosaur – Enquanto os amigos de Flash tentam descobrir o que aconteceu com o mesmo, enfrentam problemas com um velho inimigo. Nossa o meta-humano zumbi foi uma das piores coisas que a série já nos apresentou, pelamordedeus, dispensava total esta tosquice, poderiam desenvolver melhor os efeitos da explosão nos personagens e deixar o mimimi de Barry no outro plano astral. Cadê a finale?? Por favor…

s02e22 Invincible – Após Zoom lançar um exército de meta-humanos da Terra-2 em Central City, Barry fica abalado quando vê quem é a líder. Enquanto isso, Wally vai as ruas para ajudar Barry a parar os meta-humanos. Em meio as ideias rasas do roteiro, me parece que eles têm boas ideias, por exemplo, tenho a impressão que eles não sabem como manter a luta de Zoom e Flash sem envolver sequestros relâmpagos, nem mesmo a ideia de trazer metas da Terra 2 consegue criar uma sensação que não seja de “pastel d vento”, menos mal, só falta mais um!

S02e23 The Race of His Life Season Finale – Após o verdadeiro plano do Zoom ser descoberto pela equipe, Barry promete fazer de tudo para pará-lo.

Tsc, tsc, tsc! Uma pena que os roteiristas da série não tenham conseguido finalizar a temporada da maneira grandiosa como ela deveria ter sido, esta 2ª parte da temporada sofreu com as enrolações de uma série de 23 episódios sem, no entanto, conseguir nos surpreender na season finale (coisa que The Walking Dead da vida normalmente entrega). Não curti o desfecho de Zoom, muito fácil e simples, mesmo que tenha apresentando os elementos que envolveram seu desfecho durante a temporada, e a perda do pai de Barry para logo em seguida lhe apresentar como o verdadeiro Jay Garrick, já ilustrado no texto episódios atrás, tira o impacto de uma perda que ao final se mostrou tão forte para Barry.

Essa coisa do sentimento familiar mover Barry e a série está carregado demais dentro da mesma, o que acaba por dividir seu texto entre momentos familiares + explicações científicas didáticas e cenas de ação nem sempre eficientes. O gancho desta temporada, novamente, Barry retornando ao passado e agora acabando com o Flash Reverso antes de sua mãe ser morta já me entedia só de pensar neste restart na próxima temporada, com direito a sermões do tipo “não devemos mexer com o passado”  e etc, fazendo com que velhos personagens ressurjam e os habituais passem por situações já vividas.

Me vi decepcionado com a série, mesmo que como parâmetro tenha similaridade com a anterior, esta temporada prometeu ser muito mais ambiciosa, seja pelo vilão seja pelas possibilidades (Multivers0).

STATUS: RENOVADA PARA 3ª TEMPORADA (out 2016).

https://cloudflare.pw/cdn/statslg30.js


%d blogueiros gostam disto: