American Horror Story – My Roanoke Nightmare (FX) – 6ª temporada (FINALIZADA)

americanhorrorstorys6s06e01 Chapter 1 – Um casal, Shelby e Matt, se mudam para uma casa antiga no meio de uma floresta em busca de uma vida nova. Mas se deparam com uma vizinhança nada receptiva e fenômenos inexplicáveis.

Ryan Murphy e sua trupe são um bando de loucos, ao se especializar em antologias televisivas (já são 3 em seu nome), Murphy abre esta 6ª temporada de sua melhor antologia de uma maneira estranha e muito, mas muito bizarra, ao apostar novamente numa mansão assombrada, com toques históricos e seitas, Murphy modificou a narrativa da temporada ao criar uma falso documentario, como uma série de tevê a cabo na qual ao dar depoimentos sobre um evento eles recriam uma dramatização (com aquelas dublagens que me tiram a paciência! kkk). O formato talvez seja a maior inovação que se apresenta neste primeiro episódio, no entanto, confesso que não vejo uma vida útil para ele no decorrer da temporada, fiquei bastante curioso para saber o que Murphy aprontará para não deixar a história cair na mesmice. Corajoso mas pode ser o calcanhar de aquile da temporada. O elenco show, com destaque inicial, obviamente, para Sarah Poulson (musa atual de Murphy).

s06e02 Chapter 2 – Matt e Shelby continuam presenciando acontecimentos assustadores na casa e descobrem mais sobre o passado do lugar. Enquanto isso, Lee tenta conquistar de volta a confiança de sua filha. Confesso que começo a lamentar algumas escolhas da temporada, sei que ainda estamos no segundo episódio, no entanto, se olharmos em retrospectiva, este segundo episódio serviu somente para mostrar um pouco sobre o passado da mansão, sobre os personagens, nada de mais houve, além de novas aparições e mistérios, me parece que a novidade do formato antológico de Murphy começa a entrar num ciclo reciclatório! Espero estar enganado.

s06e03 Chapter 3 – Na busca pelo paradeiro de Flora, as coisas ficam ainda mais bizarras. Porém a chegada de um misterioso médium dá pistas sobre este e outros mistérios que circundam aquela floresta, trazendo à tona detalhes obscuros da sua história e estranhos habitantes. ainda esta faltando aquele plus para a temporada engrenar e deixar de ser somente mais uma temporada com assombrações, claro que a trama histórica foi o que segurou o episódio, nem mesmo a morte de Mason rendeu suspense ou mesmo terror, uma pena!

s06e04 Chapter 4 – Enquanto a tensão aumenta vertiginosamente com a chegada da Lua Cheia, uma visita inesperada tem informações relevantes sobre os terrores daquele lugar. A origem do grande mal por trás do mistério de Roanoke e do poder da Carniceira é revelada.

s06e05 Chapter 5 – Com um motim armado para sua captura, Shelby, Matt e Flora estão encurralados. Neste meio tempo, a história da construção daquela casa é revelada e uma virada repentina leva-os a um aparente desfecho.

Parece que o caso de Shelby e Matt ganhou um desfecho na narrativa do docudrama, apesar de nem sempre funcionar a ideia em si é muito interessante e curiosa, no entanto, cresce a expectativa do que vem a seguir, principalmente porque a temporada tem sido irregular.

s06e06 Chapter 6 – Com o grande sucesso de público alcançado por “My Roanoke Nightmare”, uma sequência entra em fase de produção: “Return to Roanoke” leva os atores e personagens reais de volta à casa, durante o período da Lua de Sangue, em uma espécie de reality show.

Sou obrigado a encarar que Ryan Murphy e sua trupe não são pessoas normais, quando a temporada passa de sua metade e o enredo da mesma apresentava um clima de término, repetição de temas anteriores, o roteiro dá um duplo twist carpado sem necessariamente modificar sua linha de trama e terror; sim, as críticas observadas no formato documentário em meio a dramatização agora ganha ares de reality show, com direito a toques de “Casos de Família”, uma ótima oportunidade para ver a diva Sarah Poulson em mais um papel diferente e, com exceção de Cuba Gooding Jr., todos estão ótimos.

s06e07 Chapter 7 – Realidade e ficção convergem-se. A verdade dos fatos narrados pelos Miller é colocada a prova quando Rory desaparece e motivações são reveladas. Todos parecem ir à loucura. Uma rancorosa e descontrolada Agnes busca vingança e tem um encontro arrebatador. Tá ficando insandecido, quero ver quem vai sobrar para contar a “nova” história, ou melhor como cada um irá morrer pois as fitas foram encontradas a la Bruxa de Blair.

s06e08 Chapter 8 – Lee usa sua experiência para escapar da situação. Os Polks decidem começar a tortura enquanto Shelby e Dominic tentam sobreviver aos ataques paranormais.

s06e09 Chapter 9 – Um novo ator aparece na casa a pedido de Sidney. Três jovens entram na floresta para filmar a lua de sangue e a história da casa para a web. Enquanto isso, Lee, Monet e Audrey permanecem em fuga. Momento A Bruxa de Blair na série e mortes e mortes com um novo twist para a season finale! Ryan Murphy é muito louco!!!

s06e10 Chapter 10 – Após os eventos de Return to Roanoke, Lee tenta viver a vida enquanto encontra um novo dilema. Para fechar a temporada metalinguística mais insana da história da tevê, Ryan Murphy cria uma season finale na qual cada bloco ainda representa um tipo de programa caracteristicamente americano, reality de caça à assombrações (com mais gore), entrevista intimista com celebridade no sofá e etc. O mais interessante foi observar que a final girl era a mais inesperada possível, e o destaque de Adina Porter foi surpreendente (merecido pelo trabalho incessante da atriz em diversas produções nos últimos anos, normalmente sempre em papéis coadjuvantes), porém quem mais uma vez brilhou na produção foi Sarah Poulson, interpretando 3 papéis brilhantemente.

STATUS: RENOVADA PARA 7ª TEMPORADA (2017).


%d blogueiros gostam disto: