Girlboss (Netflix) – 1ª temporada (FINALIZADA)

Baseado na trajetória de Sophia Amoruso, uma jovem batalhadora que começou a vida vendendo roupas antigas no eBay e hoje, aos 28 anos, tem uma marca multimilionária baseada em Los Angeles.

s01e01 Sophia – As coisas vão de mal a pior quando Sophia perde o emprego e recebe um aviso que está para ser despejada, até que um achado num brechó acende uma luz.

s01e02 The Hern – Sophia garimpa roupas vintage quando os pertences de uma senhora falecida são colocados à venda, mas acaba tendo que dar um tempo para visitar o posto de saúde.

s01e03 Thank You, San Francisco – Sophia ainda precisa de um nome para a loja, então ela arrasta Shane pela cidade em busca de inspiração.

s01e04 Ladyshopper99 – Quando uma noiva indignada devolve um vestido, Sophia corre para consertá-lo antes do casamento para preservar sua reputação.

Confesso que não sabia o tom da nova série de Netflix, achava que era uma comédia mais urbana com uma pegada empreendedora e os desafios que isto ocasionam na vida de uma jovem adulta (adoro estas nomenclaturas que de tempo em tempo, moderniza os mesmos); assim, o tom apresentado pela série até aqui é de uma fábula, os problemas reais são menorizados com interpretações leves e sem maiores consequências, ajuda muito o carisma de Britt Robertson com a protagonista.

s01e05 Top 8 – Após uma discussão com Annie, Sophia relembra a amizade das duas.

s01e06 Five Percent – Shane e Sophia dormem juntos – com cuidado – antes da turnê dele. Quando Sophia consegue o plano de saúde, pensa em sair do emprego novo.

s01e07 Long-Ass Pants – Nasty Gal está com tudo, mas nem todo mundo é fã… Sobretudo a dona de uma loja rival, que aparece no apartamento de Sophia sem avisar.

Aqui vale uma menção, após me acostumar com o ritmo meio fábula da série, não consigo levá-la a sério, talvez o tom do roteiro e da personagem soa muito farsesco, mesmo tendo um biografia a ser seguida, tivemos um episódio muito bacana, com a inserção de uma personagem “espelho” para a Sophia.

s01e08 The Trip – Sophia, Annie e Dax vão para LA visitar Shane. Annie e Dax tem uma experiência alucinante. Não fosse a bobagem de experiência com drogas de Annie e Dax, o episódio manteria o bom ritmo do anterior, aqui centrado na difícil relação entre Shane e Sophia, afinal nossa protagonista é uma garota de gênio difícil (rs).

s01e09 Motherf*cking’ Bar Graphs – Sophia precisa pedir ajuda ao pai, então Dax faz um plano de negócios para impressioná-lo. Parece que após a “criação” do universo de Sophia, a série consegue desenvolver melhor os roteiros, incluindo o desenvolvimento de características e as consequências das mesmas, um bom episódio para a série que esta se estabelecendo.

s01e10 Vintage Forum Fashion – Annie pede um emprego remunerado à Sophia e não gosta da resposta. Os membros do “Fórum da Moda Vintage” atacam Sophia. Episódio genial somente pela sacada de representar como funcionavam (até hoje há alguns, mas antigamente eram bem comuns – quando digo antigamente, isso é 5 anos) os foruns na internet de assuntos específicos e para públicos específicos.

s01e11 Garbage Person – No natal, uma Sophia melancólica grita com gente cantando, confronta uma inimiga e reencontra alguém importante do seu passado. Episódio não marcante mas necessário no sentido de ilustrar para a própria Sophia como sua personalidade destrutiva lhe faz mal, através do vislumbre atual de sua mãe, que a abandonou para viver do palco em peças amadoras.

s01e12/13 I come Crashing/The Launch Season Finale – Sophia contrata um gênio para fazer um site novo para a Nasty Gal. Quando a banda de Shane grava uma demo, o namoro com Sophia tem um imprevisto. Os velhos amigos de Sophia aparecem na festa de lançamento da Nasty Gal, mas ela não consegue focar diante de uma traição.

Mesmo que tenha tido uma reta final mais equilibrada ainda acho o retrato da vida de Sophia um pouco fantasioso demais, parece que os conflitos são trabalhados de maneira superficiais, desde seu relacionamento com o pai, mãe, com sua loja e seu namorado, mesmo assim, acho que Britt salva a personagem de ser somente uma chata, o que ela é realmente, lhe dando muita determinação e foco. Um bom passatempo!

STATUS: CANCELADA.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: