How to Get Away with Murder (ABC) – 3ª temporada (FINALIZADA)

howtogetawaywithmurders03e01 We’re Good People Now – Após ver seu pai morrer na sua frente, Wes e os outros estudantes voltam a faculdade para um novo semestre de aulas e trabalho com Annalise.

Dando uma pequena amostra do que aconteceu após o assassinato do pai de Wes, com participação de Frank e Annelise, a série volta após o verão com Annelise em novo papel dentro da faculdade, um pouco deixada de lado após os eventos passados, uma nova dinâmica entre os alunos, Frank fugitivo e um flashforward com direito a escritorio casa de Annelise em chamas e um corpo coberto. Somente espero que as emoções e eventos da série, sempre dramáticos excessivamente, não acabem por desgastar a série, um drama acima da média, tanto de atuação pela presença de Viola Davis, quanto de produção, pelo esmero técnico e cuidado com montagem, que deixam a série com cara própria de um thriller.

s03e02 There Are Worse Things Than Murder – Com seu emprego em risco, Annalise confronta o Conselho da Universidade de Middleton. Segredos virão à luz quando o Keating 5 competem para um caso de uma mulher agredida, acusada de matar seu marido. Bom  

s03e03 Always Bet Back – Annalise presenteia sua classe com um caso de assassinato de alto nível que força até mesmo a moral dos “Keating 5”, enquanto Laurel faz uma descoberta chocante através de uma fonte improvável. Daddy issues voltam à série quando Laurel procura por seu pai para encontrar Frank, o caso da “clínica” de Annelise é excelente e gera as melhores sequências do episódio.

s03e04 Don’t Tell Annalise – O destino de um jovem cliente está comprometido quando o conselho disciplinar da Ordem dos Advogados encontra informações prejudiciais sobre Annalise; alguém próximo a Frank tem de lidar com ele depois que o mesmo comete um ato chocante. Excelente episódio, uma dinâmica entre todos os personagens, ótimas storylines e a trama do flashforward finalmente ganha rostos, além disso, o comportamento de Annalise novamente vem à tona quando vazam imagens suas batendo no cliente do episódio anterior. Participação de Famke Janssen.

s03e05 It’s About Frank – O mistério por trás dos cartazes de “Annalise assassina” dá uma reviravolta surpreendente. Enquanto isso, o passado problemático de Frank é exposto e uma chocante nova descoberta muda tudo sobre a noite do incêndio. Novamente a série aproveita o clima para aprofundar os personagens, principalmente Bonnie e Frank, que ganha flashbacks de seu envolvimento com o casal Keating. Além disso, gosto como o roteiro coloca Annelise numa espiral dramática, com momentos de empoderamento e outros de extrema sensibilidade, sobre os flashforwards, somente sabemos que trata-se de um homem.

s03e06 Is Someone Really Dead? – Todos são abalados por uma revelação no assassinato de Wallace Mahoney enquanto tentam ajudar o caso de uma veterana acusada de agressão. Parece que Frank está finalizando todas as pontas soltas do passado entre ele, Nathan e Annelise, o que confere um desfecho dramático ao personagem, inclusive, todos tiveram seu momento neste episódio que foi mais calmo do que o anterior. 

s03e07 Call It Mother’s Intuition – Annalise e seus alunos assumem um caso defendendo irmãos que foram acusados de conspiração para cometer assassinato contra a sua mãe. Enquanto isso, as ações de Frank levam a uma consequência mais que justa.

s03e08 No More Blood – Annalise e Bonnie recorrem a uma improvável fonte por ajuda, trazendo tensão entre os “Keating 5” e obrigando-os a lidar com o problema. Enquanto isso, Annalise assume um cliente surpreendente.

s03e09 Who’s Dead – Annalise tem uma discussão quente com Nate. Os eventos mortais que levaram ao incêndio na casa de Annalise são revelados.

Corajoso dos roteiristas riscarem da série um dos “Keating 5”, no entanto, o melhor alvo dentro do grupo pois Wes sempre foi um personagem à margem da moralidade que a série criou aos seus personagens, e sua morte além de movimentar a trama também deverá ser a mola propulsora para as ações de Annalise. O arco do personagem nunca funcionou realmente, inclusive sua busca pelo pai e consequente morte do mesmo parecem que iriam levar a trama para um lado e na verdade a trama naufragou com o enfoque dado pela série. Além do acerto da morte, não ocasionada pelo incêndio, a montagem dos eventos, para variar, sempre rendem uma tensão extra no episódio.

s03e10/11 We’re Bad People/Not Everything’s About Annalise – Com Annalise na prisão por acusações de assassinato, a Promotoria continua a construir o caso contra ela e a policia investiga o que aconteceu na noite de incêndio. Enquanto isso os alunos continuam a lidar com as consequências da morte de um deles; Annalise luta para se adaptar à vida na cadeia, mas uma confissão sobre o assassinato de Wes pode mudar tudo; O Keating 4 descobre que a investigação do D.A. é maior do que eles pensavam.

Não, não é um episódio duplo! Viagens e pouco tempo neste verão estão me ocupando em demasia, retomei a série e poucos dias depois já havia outro episódio, assim resolvi juntá-los aqui para comentários; achava que a série poderia retomar seu rumo após o evento chocante da midseason, no entanto, ao invés de ir adiante na trama, claro que inclusive investigando o que ocorreu com Wes, o roteiro resolve abraçar flashbacks de “saudades”, “fraternais” e “misteriosos” envolvendo o personagem como novo “flashforwards” desta 2ª parte da temporada. Assim nem preciso comentar como tudo me soou decepcionante e as escolhas de mimimi entre os “keating 4” e as investigações policiais em nada me interessaram, o único porém é que Viola Davis continua dando show, me passa a impressão que os roteiristas centralizam a série em Viola/Annalise, em função da força da natureza que é Viola Davis, até para segurá-la na série, e esquecem completamente o restante, talvez o assassinato de Wes seja nosso famoso “jump the shark” da série!. A lamentar…

s03e12 Go Cry Somewhere Else – Tensões no tribunal estão em alta e a promotoria pretende trazer uma nova acusação contra Annalise. Enquanto isso, Nate descobre uma informação crucial que pode ameaçar sua própria inocência, enquanto os detetives chamam Oliver para o interrogatório.  Episódio centrado na Laurel, em luto pós morte de Wes, a atriz até deu conta, no entanto, sinto que esta segunda parte da temporada tem mais momentos dramáticos para o elenco do que um roteiro coeso e uma ideia central a ser explorada, sinto falta dos episódios avulsos que conseguiam aprofundar os personagens.

s03e13 It’s War – Depois de ter seu poder roubado, Annalise faz disso sua missão para derrubar o DA Denver e ADA Atwood. Asher, Connor, Michaela, Laurel e Oliver continuam lutando com o peso do assassinato não resolvido de Wes; Nate faz uma descoberta chocante. Gosto do enfrentamento criado entre Annalise e a promotoria, no entanto, a morte de Wes logo perde relevância quando observamos que o roteiro se esmera em criar subterfúgios para vários personagens serem suspeitos e não numa lógica na qual o assassino seja um bom unsub para a série.

S03e14/15 He Made a Terrible Mistake/ Wes – Annalise tenta encontrar um novo ângulo no caso do promotor. Enquanto isso, as alianças entre os Keating 4 mudam quando descobrem informações cruciais sobre as circunstâncias que cercaram a morte de Wes; Annalise e os Keating 4 testam quão longe estão dispostos a ir para se salvarem, enquanto os detalhes da noite em que ocorreu o incêndio revelam quem matou Wes.

Impressionante o plot twist que a série deu nesta reta final, mais uma vez de maneira errônea, há algum tempo os roteiristas não parecem saber o que fazer com a série, criam arcos/conflitos e as consequências dos mesmos parecem saídos de uma cartola de mágico sem lógica alguma dentro do que a série se propõe, uma pena, parece que o roteiro só sabe lhe dar com Annelise (Viola Davis) e os demais personagens lhe servem de qualquer maneira. A saída para o assassinato de Wes, que deveria ser pavimentado numa rota de colisão entre Promotoria, Annelise e os demais, tomou um 180º sem sentido, trazendo a tona personagens que estavam completamente à margem do arco, no caso me refiro a família de Laurel. Esta por um fio na minha watchlist!!

STATUS: RENOVADA (set 2017).


%d blogueiros gostam disto: