House of Cards (Netflix) – 3ª temporada (FINALIZADA)

housofcardsContinuando a maratona…

s03e01 Chapter 27 – Um começo difícil para o presidente Underwood. Frank planeja incluir um ambicioso programa de emprego, enquanto Claire ajusta suas vistas em um cargo na ONU. Doug encara as dores de um “acidente”.

Começamos a temporada de melhor maneira possível, após a crise de renuncia, obviamente o clima de governo de Francis não seria fácil, muito pelo contrário, mirando numa crise internacional, rejeição interna, projeto marcante (empregos) e eleições em 2016, o roteiro ainda abriu um promissor arco (mesmo que longe de inédito) para Doug, com uma dolorosa recuperação após o ataque de Rachel e sua possível volta ao vício, através de medicamentos; já Claire quer uma cadeira na ONU, a qualquer preço, meio que pressionando Francis para indicá-la. Temporada promete!

s03e02 Chapter 28 – Os planos de Claire para a ONU são ameaçados. Frank enfrenta uma rebelião com uma declaração ousada ao país.

s03e03 Chapter 29 – Frank recebe o presidente russo, um negociador duro e exigente, na Casa Branca. Claire e Cathy superam desavenças e trabalham juntas para auxiliar Frank em uma importante decisão diplomática. Stamper recebe proposta de emprego de um jovem congressista.

Esse arco inicial de Francis presidente (seis meses) têm nos proporcionado um momento único até aqui na série, que é a impressão de que Francis não controla/manipula nada pela primeira vez, mas sim necessita estar atento para não ser passado para trás nas jogadas midiáticas, políticas e pessoais. Sendo assim, toda o trabalho de composição de Kevin Spacey cresceu ainda mais de sarcástico e irônico, o ator precisa demonstrar inseguranças e falseios em suas atitudes e diálogos. Ótima aquisição a participação do presidente russo, Petrov, acrescentou muitos conflitos e embates entre os presidentes.

s03e04 Chapter 30 – Claire luta para que uma resolução contra a Rússia seja aprovada na ONU, mas enfrenta desconfiança dos outros embaixadores. Frank é surpreendido por uma decisão do seu partido. Genial episódio que colocou em cheque toda a astúcia de Frank, coisa que sempre apontei na série que Frank sempre estava dois passos a frente dos demais e sempre conseguia o que queria, agora como Presidente, as manipulações envolvem ele e não estão sob seu comando, gerando essa situação com Dumbar ao ponto da comédia, ou mesmo com o Juiz, sequência hilária!!

s03e05 Chapter 31 – Frank declara guerra ao Congresso para iniciar seu programa de empregos. Claire entra em conflito com o embaixador russo. Dunbar mexe suas peças em busca da nomeação.

s03e06 Chapter 32 – Frank e Claire viajam a Moscou para negociar a soltura de um prisioneiro americano, mas Claire toma uma atitude que coloca os planos em risco. Perfeito o arco envolvendo o primeiro conflito entre Claire, embaixadora, e Frank como presidente, tendo como o grande problema a figura do presidente russo (nova participação de Lars Mikkaelsen). Todo episódio trabalhado na tensão iminente, no desfecho sombrio e no twist surpreendente; interessante observar como os protagonistas irão trabalhar o desgaste iniciado aqui, sem sombra de dúvidas, Robin Wright tem seu ponto alto dramático na série nesse episódio, merecedora da indicação ao Emmy, uma pena ter que disputar com grandes papéis femininos das atrizes Viola Davis e Taraji P Henson.

s03e07 Chapter 33 – O estrago está feito. Os Underwoods tentam dar a volta por cima, mas certas feridas nunca cicatrizam. Achei tudo um pouco precipitado demais ao final desse episódio, mesmo sendo a linha narrativa perdurado durante mais de um mês, achei que um episódio focado na crise do casal muito pouco dentro do arco da temporada, claro que isso deve ser em razão de novos arcos que serão protagonistas daqui pra frente, no entanto, era a oportunidade de aprofundar a relação dos protagonistas numa crise nunca antes retratada e num cenário desgastante para ambos devido suas ambições políticas.

s03e08 Chapter 34 – Um perigoso furacão representa uma ameaça à costa leste e ao programa de Underwood, AmWorks. Frank precisa tomar uma difícil decisão.

Pela primeira vez na temporada senti Frank retomando a posição de manipulador e “tomador” de decisões no qual sempre nos foi apresentado, durante quase toda temporada o Presidente tem mais reagido em função do contextos ao seu redor do que liderado a ação para que surgissem as consequências, assim a série nessa reta final começa a buscar gás para a finale!

s03e09 Chapter 35 – A crise do Vale do Jordão se agrava no momento em que a campanha de Frank está decolando. Claire recebe mais informações do serviço secreto.

s03e10 Chapter 36 – Frank lida com Petrov enquanto Claire tenta preservar a missão de paz. Sacrifícios devem ser feitos. Bah! Mais um episódio tenso envolvendo Petrov e Frank, estando ambos em território inimigo, mostrando o quanto Petrov é audacioso! Isso ainda deve render pano para manga até o final da temporada, assim, noto mais uma vez que o grande destaque da temporada atende pelo nome de Claire (e um pouquinho mais atrás, Doug).

S03e11 Chapter 37 – Jackie adota estratégias arriscadas para tirar proveito político de seus oponentes na campanha dos democratas. Claire passa a se dedicar à campanha do marido. Envolvente episódio sobre os bastidores desta disputa interna para indicação do partido, fora que os debates americanos são um show à parte e de verdade expõe seus pensamentos e são colocados à prova pelos adversários.

s03e12 Chapter 38 – Dunbar tenta atingir Frank através de um antigo segredo de Claire. Doug obtém novas informações sobre Rachel. Claire dedica-se à campanha de Frank sem muito entusiasmo. Pelo jeito o grande conflito nesta reta final será a iminente insatisfação de Claire quanto à Frank, já o retorno de Doug no sentido de procurar Rachel meio que dá um desfecho insatisfatório para o personagem que teve uma temporada tão relevante!

s03e13 Chapter 39 Season Finale – Em meio às convenções partidárias de Iowa, a relação entre Frank e Claire continua conturbada. Enquanto isso Doug tenta resolver um antigo problema.

Ah Claire!! Realmente a temporada lhe pertence, que “duplo twist carpado” a personagem realizou nessa temporada, saindo da sombra de Frank, Claire tomou a redea de sua vida, não sei se os roteiristas conseguirão deixar a personagem neste papel que indicam ao final, no entanto, seria muito interessante observar como Frank se inventará para a mídia e para a população americano, que preza esse núcleo família para os políticos. O que imaginava para Doug ocorreu, pelo menos, já que não me agradava essa storyline, foi a bela direção das sequências.

STATUS: RENOVADA PARA 4ª TEMPORADA (fev/2016).


%d blogueiros gostam disto: