Marvel’s The Defenders (Netflix) – 1ª temporada (FINALIZADA)

defenderss01e01 The H Word – Matt Murdock, Jessica Jones, Luke Cage e Danny Rand lutam contra o crime e as injustiças sem saber que em breve seus caminhos vão se cruzar.

s01e02 Mean Right Hook – Uma conspiração toma forma, mas Matt não consegue abandonar velhos hábitos. Jessica arruma confusão. Luke segue uma pista e Danny encontra um rival à altura.

Como havia imaginado, os primeiros episódios serviram para retratar o momento de cada personagem, principalmente de Demolidor e Jessica Jones, os que mais tempos estão afastados da telinha, e assim fez-se dois episódios reintrodutórios de cada núcleo/personagem, fator positivo, quase todos personagens apareceram no universo Netflix/Marvel, fator negativo, a trama obviamente fica mais arrastada.

Dito isso, a volta do tentáculos e alguns mistérios meia-boca não me dão muita esperança, até porque o tentáculo falhou como adversário em Punho de Ferro, que ainda continua desinteressante. Na expectativa pela vilania de Sigourney Weaver.

s01e03 Worst Behavior – O segredo de Elektra é revelado, Danny muda de tática, Matt dá conselhos jurídicos a Jessica e Luke procura pelo chapéu branco. Agora reunidos de uma maneira meio estranha, com direito a nova luta num corredor (clichê bacana mas que aqui ficou devendo), o roteiro criou uma dinâmica em duplas de heróis, Demolidor/Jessica Jones e Luke Cage/Punho de Ferro, que não tenho muita certeza se dará certo. Menos mal que serão somente 8 episódios!

s01e04 Royal Dragon – Os Defensores se reúnem em um restaurante, mas a conversa é interrompida por uma série de visitantes. Nem todos são amistosos. O que deveria ser o episódio mais interessante e revelador do plot da mini série, acaba sendo um tal de bla-bla-bla sem fim, e que torna tudo mais chato quando percebe-se que a figura central da temporada é, ninguém mais ninguém menos que, Danny Rand e seu Punho de Ferro insuportável!

s01e05 Take Shelter – A lealdade de Elektra é colocada em dúvida. Collen enfrenta um velho conhecido e Luke prova que aguenta o tranco.

s01e06 Ashes, Ashes – Stick compartilha sua teoria com os heróis. O grupo entra em conflito e Danny se sente excluído. Alexandra é traída.

Com esta última reviravolta, o assassinato repentino de Alexandra, esta decretado que a mini série afundou de vez e pouco deve se salvar ao final dos oito episódios, digo isto porque, mais uma vez um plot twist ate surpreendente ocorre de maneira desequilibrada e sem sentido algum dentro da trama. Uma pena Alexandra, se tivesse sido melhor introduzida, não por culpa de Sigourney Weaver (bem em cena), e desenvolvida seria relevante sua morte, no entanto, de “mulherão da porr@” se transformou em mais uma vilã que age de maneira desinteressante e sem fôlego para 8 episódios, afinal quais suas motivações? E Stick? outro personagem que se transformou num anti-heroi enfadonho.

s01e07 Fish in the Jailhouse – Matt, Jessica e Luke iniciam uma busca desesperada. Colleen e Claire falam sobre heroísmo. Elektra tenta recrutar um aliado importante. De uma interessante direção no início da temporada, com direito a fotografia diferente para cada heroi, chegamos ao penúltimo episódio e The Defenders consegue ser pior que as séries de heroi da CW, mal filmadas e dirigidas; sem falar que o roteiro…

s01e08 The defenders Season Finale – Com Nova York à beira da destruição, os Defensores tentam uma última cartada para salvar a cidade.
Obs: Tem cena pós crédito – trailer The Punisher!

Nossaaaaaaaaaaaaaa!!!! Que desperdício de mini série, 2 ótimos personagens (Jessica Jones e Matt Murdoch), 1 bom personagem (Luke Cage), 1 boa vilã (Sigourney Weaver), bons coadjuvantes e somente 1 personagem ruim (sim, Punho de Ferro) e mesmo assim os roteiristas conseguem focar o arco da narrativa em Punho de Ferro (puta moleque chato e infantil) e no Tentáculo, que é uma organização criminosa que já vem sendo mostrada em 3 temporadas (de diferentes herois) e ainda não funciona.

Gosto de pouca coisa na mini série, os efeitos são um lixo, a caverna da season finale parece cenário do Chapolim, as coreografias de luta idem, sem emoção e fracas. Porém a dinâmica de Matt, Jessica e Cage, assim como alguns conflitos pontuais dão expectativa de que algo bom pudesse ter sido criado. Achei um pouco melhor que Punho de Ferro e ali empatado com Luke Cage, ainda inferior ao Demolidor e Jessica Jones.

STATUS: FINALIZADA (sem expectativa de renovação ago/17).

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: